QUE JOGO, QUE EMOÇÃO! ROGER FEDERER É CAMPEÃO DO AUSTRALIAN OPEN

BLOG EM CARUARU PARA A ETAPA DO CIRCUITO ECOBIKE
29 de janeiro de 2017
GANA E EGITO TAMBÉM ESTÃO NAS SEMIFINAIS DA COPA AFRICANA DE NAÇÕES
29 de janeiro de 2017

QUE JOGO, QUE EMOÇÃO! ROGER FEDERER É CAMPEÃO DO AUSTRALIAN OPEN

federer 4Roger Federer comemora vitória heroica e 18º título em Grand Slams na Austrália (Foto: Reuters)

Quase seis anos após a última decisão em um Grand Slam, Rogeer Federer e Rafael Nadal se reencontraram em uma final dos sonhos no Aberto da Austrália. Se há poucos meses eles até brincaram com o fato de chegarem em Melbourne como “zebras”, depois de um período marcado por lesões e longe dos holofotes voltados para Novak Djokovic e Andy Murray, um roteiro de cinema improvável os colocou frente à frente. Nem eles acreditaram. O roteiro marcado por reviravoltas e jogadas de mestre foi à altura de um daqueles que pode ser um dos últimos capítulos de uma das maiores rivalidades da história do tênis mundial. O protagonista da vez foi o fenômeno suíço, que, aos 35 anos, provou ter a genialidade como elixir da juventude. Com a vitória por 3 sets a 2, em parciais de 6/4, 3/6, 6/1, 3/6 e 6/3, em um jogo duríssimo, ampliou a coleção de Grand Slams para 18 e pulou do 17º lugar no ranking para o top 10.

Federer tenta aumentar a série de Slams há cinco anos, desde Wimbledon 2012, mas perdeu as três chances para Djokovic. Ele é o primeiro homem da história a ter pelo menos cinco troféus em três Slams distintos, incluindo o pentacampeonato na Austrália, sete títulos em Wimbledon, cinco no US Open e um em Roland Garros. A campanha de Federer em Melbourne contou com três jogos de cinco sets e quatro vitórias sobre tenistas top 10. A partida deste domingo foi a 100ª do suíço no país, marca alcançada apenas pelo americano Jimmy Connors. A última vez que havia sido campeão no local foi em 2010 – as outras foram em 2004, 2006 e 2007.

federer 5Roger Federer levanta seu 18º troféu em Grand Slams (Foto: Reuters)

– Acho que nós dois não imaginávamos há quatro, cinco meses, que estaríamos em uma final de um Grand Slam. Estou feliz por você também. O tênis é um esporte difícil, feito por duelos. Se eu pudesse, dividiria o meu troféu com o Rafa. Conseguimos chegar até aqui, e eu só tenho a agradecer. Obrigado por tudo. A equipe de Rafa trabalhou duro e eu torço pelo sucesso de vocês. Aos que vieram e lotaram as arquibancadas, vocês nos motivaram a jogar cada vez mais forte. Venho aqui há quase 20 anos, e eu sempre gosto, a minha família também. Espero não ter esquecido de nada. Espero vê-los novamente no ano que vem, mas, se não der, agradeço pela longa jornada – afirmou Federer, emocionado com o feito.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 10:17

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.