ANDERSON SILVA, SUPER BOWL XLIX E ESTADUAIS, DESTAQUES DO BLOG NESTE FINAL DE SEMANA

NA PRORROGAÇÃO AUSTRÁLIA CONQUISTA A COPA DA ÁSIA
31 de janeiro de 2015
COMEÇA O BOLÃO DOS ESTADUAIS NO BOLA NA TRAVE
31 de janeiro de 2015

ANDERSON SILVA, SUPER BOWL XLIX E ESTADUAIS, DESTAQUES DO BLOG NESTE FINAL DE SEMANA

andersonsilva

A volta de Anderson Silva

Anderson Silva foi ovacionado pelo grande público brasileiro presente na pesagem do UFC 183, na tarde desta sexta-feira em Las Vegas (noite no Brasil). O Spider cumpriu sua obrigação, bateu o peso dos médios no limite para lutas em que não há cinturão em jogo (84,4kg) e confirmou o duelo contra Nick Diaz, que marcou 83,9kg. O ex-campeão da categoria contou com o apoio dos torcedores, que o embalaram aos gritos de “O campeão voltou!”, e subiu na balança com os olhos aparentemente marejados.

– Estou muito feliz. Quebrei minha perna um ano atrás, e minha família disse para eu não voltar. Mas essa é a minha vida. Amanhã vou lutar e fazer um grande combate para todo mundo aqui. obrigado a todos, quero agradecer a todos vocês – disse o brasileiro.

Super Bowl XLIX – Um espetáculo de Publicidade

super

Não é apenas a publicidade do Super Bowl que é cara – a mais cara do mundo entre todos os eventos esportivos -, mas seu ingresso também. Quem quiser fazer parte deste espetáculo, precisa abrir a carteira e desembolsar uma grande bagatela. Na decisão do futebol americano entre Seattle Seahawks e New England Patriots no próximo domingo, dia 1º de fevereiro, a entrada mais barata para chegar às arquibancadas do Estádio da Universidade de Phoenix custa mais de U$ S 4 mil, pouco mais de R$ 10 mil (10.340,00). E ela não pode ser comprada de forma avulsa. Para ir, o torcedor necessita de uma companhia para adquirir um segundo ticket, fazendo com que a organização receba U$ S 8 mil (R$ 20.680,00).

Para os que têm condições de assistir ao jogão em uma posição mais privilegiada, o ingresso pode alcançar a incrível cifra de U$ S 21.850,00 (R$ 56.482,25), no setor mais caro.

Mesmo com os números exorbitantes, a tendência é de que a decisão esteja com o estádio abarrotado de torcedores dos Seahawks e dos Patriots.

Começam os Estaduais 2015

estaduais

Desprestigiados por uns, considerados Copa do Mundo por outros, os estaduais reúnem inúmeros personagens, histórias, contrastes e particularidades. Em 2014, a Copa do Mundo obrigou o encurtamento de alguns campeonatos e ocasionou aspectos curiosos, principalmente em regulamentos.  Em 2015 com uma pré-temporada inédita os Estaduais começam com as grandes equipes tentando acabar com a desculpa das derrotas nas primeiras rodadas alegando falta de uma preparação adequada.

Postado às 10:20

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.