BRASIL, UM EMPATE QUE PODE VALER A CLASSIFICAÇÃO

ricardoRicardo Oliveira fez o primeiro gol da reação Brasileira no empate contra o Paraguai

Não é exagero afirmar que a Seleção terá cinco meses de pressão pela frente. A conta é simples: pelo menos até setembro, o Brasil se verá fora da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018 – inclusive da repescagem – toda vez que olhar para a tabela das eliminatórias. Sem falar que neste período ainda terá pela frente duas importantes competições, como a Copa América e os Jogos Olímpicos. O empate por 2 a 2 diante do Paraguai na noite desta terça-feira, no Defensores del Chaco, evitou uma crise ainda maior na seleção brasileira. Sem Neymar, suspenso, o time de Dunga voltou a jogar mal e perdia até os 46 minutos do segundo tempo, quando Daniel Alves deixou tudo igual no marcador. Ao Paraguai coube o castigo de recuar e deixar o Brasil pressionar depois do gol de Ricardo Oliveira. Lezcano e Edgar Benítez, um em cada tempo, fizeram os gols dos donos da casa. Falta alma à Seleção, sobra pressão sobre o trabalho do técnico Dunga.

O empate salvador veio no fim, mas poderia ser pior não fosse a boa atuação de Alisson no primeiro tempo. Quando o placar ainda estava 0 a 0, o goleiro do Internacional salvou o Brasil duas vezes. Sem culpa nos gols do Paraguai, fez boa defesa em cabeçada de Aguillar. Minutos depois, operou um milagre em finalização de Gómez na pequena área.

O Brasil começou a rodada em terceiro, entrou em campo em sexto e saiu dele na mesma posição com nove pontos. E é nesta colocação, fora até da repescagem, que a Seleção ficará pelo menos até o início de setembro, data das duas próximas rodadas das eliminatórias para o Mundial da Rússia. Os próximos compromissos do Brasil serão contra Equador, fora de casa, e Colômbia, em casa. Já o Paraguai, sétimo colocado com nove pontos, vai encarar Chile e Uruguai.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 00:09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes