BRASIL PERDE PELA PRIMEIRA VEZ NA ESTREIA DE UMA ELIMINATÓRIA

NO VACILO DO ZAGUEIRO, PARAGUAI DERROTA VENEZUELA
8 de outubro de 2015
SEM MESSI ARGENTINA DECEPCIONA
9 de outubro de 2015

BRASIL PERDE PELA PRIMEIRA VEZ NA ESTREIA DE UMA ELIMINATÓRIA

vargasVargas comemora gol na vitória do Chile sobre o Brasil

Acabou o jejum de 15 anos do Chile sem vencer o Brasil. Nesta quinta-feira, a Roja recebeu a equipe canarinho no Estádio Nacional de Santiago, pela primeira rodada das eliminatórias sul-americanas, e venceu por 2 a 0.

Os gols foram marcados pelos atacantes Vargas, ex-Grêmio, aos 26, e por Alexis Sánchez, do Arsenal, aos 45 minutos do segundo tempo.

A última vez que os chilenos haviam derrotado os brasileiros havia sido em 2000, também na capital do país – na ocasião, o técnico do time da CBF ainda era Vanderlei Luxemburgo.

Com o triunfo, a seleção andina passará o Brasil no ranking da Fifa pela primeira vez na história, assim que sair a próxima atualização da lista.

Essa também foi a primeira vez em todos os tempos que a seleção brasileira começou as eliminatórias com derrota, desde que a competição começou a ser disputada, em 1954.

Um feito e tanto para a Roja, que quebrou dois tabus num só dia. Nos instantes finais, a torcida se divertiu e aproveitou para tirar sarro e festejar, gritando “olé, olé, olé” a cada toque de bola da equipe da casa.

Com a vitória, os comandados de Jorge Sampaoli assumem a liderança do torneio, ao lado de Uruguai, Colômbia, Equador e Paraguai, que também venceram. Já o Brasil fica no fundo da tabela, sem nenhum ponto, assim como a Argentina, também derrotada.

Na próxima rodada das eliminatórias, o Chile volta a campo na terça-feira, às 23h15 (horário de Brasília), contra o Peru, fora de casa. No mesmo dia, mas às 22h, o Brasil tenta se recuperar contra a Venezuela, em Fortaleza.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 06:15

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.