CASO DO REBAIXAMENTO DA PORTUGUESA EM 2013 PODE TER NOVOS DESDOBRAMENTOS

ESTÃO DEFINIDOS OS CABEÇAS DE CHAVES DA COPA AMÉRICA 2015
10 de novembro de 2014
FINAL MINEIRA DA COPA DO BRASIL PARA FICAR NA HISTÓRIA
12 de novembro de 2014

CASO DO REBAIXAMENTO DA PORTUGUESA EM 2013 PODE TER NOVOS DESDOBRAMENTOS

lusaManuel da Lupa, ex-presidente da Portuguesa

Afundada em dívidas e na pior situação da sua vida, a Portuguesa pretende ter um resultado da investigação do “caso Héverton” no final deste ano. Com o que se descobriu até agora, a diretoria deve entrar na Justiça para cobrar o ex-presidente Manuel da Lupa de uma indenização que deve passar de R$ 30 milhões.

Medida que ganha força depois que o Ministério Público, segundo informações publicadas pelo jornal “O Estado de S. Paulo’, chegou à conclusão que funcionários do clube permitiram a escalação do jogador em “troca de vantagens financeiras”.

De acordo com o vice-presidente jurídico, José Luiz Almeida, o clube tem se dedicado em apurar o que foi feito de errado do ponto de vista administrativo e, nesse sentido, as chances do ex-cartola se livrar são muito pequenas.

“Não sabemos ainda qual será o fim, não terminamos. Mas tudo indica para isso. Será uma cobrança de indenização por tudo que o Da Lupa causou de danos ao clube. Por enquanto, não é calculável, mas pode passar de R$ 30 milhões. É uma coisa que tem que sentar com toda a diretoria para definir. Ver tudo que aconteceu desde a entrada do jogador até hoje e ver quanto isso custou aos cofres do clube”, disse, em contato com a reportagem.

“Se você conta os dois rebaixamentos, a gente já chega a valores enormes. Mas há também o dano moral que ele causou, que vai ter que ser bem calculado”, completou.

Com uma ação na Justiça, Manuel Da Lupa conseguiu uma liminar para que o inquérito não fosse votado no conselho antes que ele fosse ouvido. O ex-presidente foi chamado para dar depoimento, mas não compareceu. No processo, alegou problemas de saúde. Então, antes do resultado, o ex-cartola terá de ir ao Canindé dar a sua versão dos fatos.

Foi o presidente do Conselho, Marco Antônio Teixeira, quem revelou a busca por uma indenização contra o ex-dirigente, ao site do Globo Esporte, nesta terça-feira.

“Ao que tudo indica, o resultado mostrará um erro administrativo e vamos responsabilizá-lo civil e criminalmente. Um processo de no mínimo R$ 30 milhões”, disse.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 10:26

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.