Paranaense

FINAL ATLETIBA NO YOUTUBE E FACEBOOK

Jogadores de Atlético-PR e Coritiba saúdam juntos a torcida após o cancelamento do clássico

A dupla Atletiba voltará a se encontrar no confronto de ida da final do Paranaense, no próximo domingo, na Arena da Baixada.

Os rivais tiveram reunião na semana passada e, com a confirmação do clássico, irão repetir mais uma vez a sua transmissão através do YouTube e do Facebook. O Atlético-PR descarta ouvir qualquer proposta da Globo, dona dos direitos de transmissão do campeonato e que provocou a ira também do Coritiba após oferta de ao redor de R$ 1 milhão considerada “absurda” antes da largada em 2017.

Perguntado pelo ESPN.com.br sobre um possível acordo com a emissora carioca, o presidente do Conselho Deliberativo atleticano, Mario Cesar Petraglia, refutou.

“Nenhuma chance! Repetiremos o modelo”, disse.

A princípio, havia dentro do Coxa uma ala que defendia a retomada do diálogo com a televisão para escutar valores, porém, ela perdeu força.

Entre outros motivos, devido ao fato de que, para veiculação das partidas na TV, seria necessário um acordo com os dois times.

A relação entre as diretorias é excelente.

Alceni Guerra, um dos vice-presidentes do Coritiba, chegou, inclusive, a representar o Atlético-PR em discussões sobre o assunto.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 20:04

CONFIRMADO ATLETIBA EM 01/03 VIA YOUTUBE E FACEBOOK

Transmissão do clássico Atletiba será feita por Facebook e Youtube

Após o polêmico adiamento do Atletiba no dia 19 de fevereiro, o maior clássico do futebol paranaense está confirmado para esta quarta-feira, 1º de março, às 20h (de Brasília), na Arena da Baixada, e com transmissão inédita via Facebook e Youtube.

Na última segunda, Atlético e Coritiba utilizaram suas redes sociais para garantir a realização do jogo.

“Após adiamento da partida, O Clube Atlético Paranaense e o Coritiba entram em campo para disputar o clássico #Atletiba. Assista ao primeiro clássico da história do futebol brasileiro a ser transmitido exclusivamente pelas redes sociais!”, escreveram os clubes nos seus canais do Youtube.

O árbitro do clássico será Paulo Roberto Alves Jr., o mesmo do adiamento.

O polêmico cancelamento do Atletiba aconteceu há dez dias. Os dois clubes, insatisfeitos com os valores oferecidos pela TV Globo pelos direitos do estadual, decidiram fazer a transmissão independente do clássico através de suas redes sociais.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 11:28

FEDERAÇÃO IMPEDE TRANSMISSÃO E DUPLA ATLETIBA DECIDEM NÃO JOGAR CLÁSSICO DESTE DOMINGO

Dirigentes de Atlético-PR e Coritiba discutem com arbitragem na Arena da Baixada (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

O clássico entre Atlético-PR e Coritiba, que seria realizado na Arena da Baixada na tarde deste domingo, foi cancelado após a Federação Paranaense de Futebol (FPF) justificar que os profissionais que fariam a transmissão da partida por um canal da internet não estariam credenciados, o que impediria o início do jogo. Os jogadores das duas equipes chegaram a entrar em campo, mas o árbitro, obedecendo orientação da FPF, não apitou o começo do clássico, alegando que os profissionais contratados pelos clubes não estavam credenciados e não poderiam ficar dentro do campo. A dupla Atletiba se recusou a jogar a partida sem a transmissão pela web.

m entrevista por telefone ao blog Bastidores FC, o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Helio Cury, explicou que o motivo de o árbitro não dar início ao clássico foi a quantidade de profissionais não cadastrados dentro de campo. O credenciamento deveria ser feito até 48 horas antes da partida.

– O árbitro avisou: “olha, tá cheio de gente sem credenciamento, eu não posso começar o jogo assim. Se não tirar essas pessoas, não posso começar o jogo”. Chamaram o policiamento. As pessoas se recusaram a sair. Não havia como fazer jogo com tanta gente em volta do gramado sem estar credenciada para tal – disse o dirigente ao blog.

Enquanto dirigentes conversavam com árbitros e policiais, os jogadores de Atlético-PR e Coritiba intercalavam subidas ao gramado com momentos no vestiário, em uma situação que durou por volta de 40 minutos. Os clubes afirmaram que não jogariam sem a transmissão pela internet, enquanto a Federação mantinha a posição em relação ao credenciamento dos profissionais.

– Essa iniciativa pioneira e ousada vai servir para o resto da vida e dos tempos. Atlético-PR e Coritiba unidos começaram um processo silencioso de dizer não. Temos o direito de dizer não. Fica um alerta para os demais presidentes. Sigam o exemplo de Atlético e Coritiba. Vamos dizer não. Temos que romper com essas coisas – disse o presidente do Furacão, Luiz Sallim Emed.

O dirigente rubro-negro ainda criticou a forma como a arbitragem optou por não dar início ao jogo, mesmo com a Arena da Baixada cheia de torcedores.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 20:17

EM 103 ANOS DE VIDA, OPERÁRIO DE PONTA GROSSA CONQUISTA TÍTULO INÉDITO DO PARANAENSE

operarioOperário de Ponta Grossa conquista título pela primeira vez na história

Pela primeira vez em seus 103 anos de história o Operário, de Ponta Grossa, conquistou o título do Campeonato Paranaense. O Operário aterrorizou o Coritiba em pleno Estádio Couto Pereira e venceu por 3 a 0, mostrando um time bem organizado e com os nervos no lugar. No primeiro confronto, no Estádio Germano Krüger, o time alvinegro já havia vencido por 2 a 0.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 20:27

LONDRINA É CAMPEÃO PARANAENSE APÓS 22 ANOS DE ESPERA

Londrina

O estádio Willie Davids recebeu uma partida digna de final de campeonato neste domingo. Com as arquibancadas lotadas e 19 mil torcedores presentes, Maringá e Londrina travaram um duelo emocionante para decidir quem ficaria com o troféu do estadual. Ao final dos últimos 90 minutos – que terminaram com empate por 1 a 1 – e mais as cobranças de pênaltis, melhor para o Tubarão, que se consagrou campeão paranaense após 22 anos. Foi o quarto título do Londrina, que já havia levantado o caneco em 1962, 1981 e 1992.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 22:29

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes