Vôlei

ALVIRRUBRAS CONQUISTAM A CCR 2017 DE VÔLEI MASTER 35+

Alvirrubras comemoram o título da Copa Cidade do Recife de Vôlei Master 35+

Na noite da última terça-feira 13/06 o Blog acompanhou as finais da Copa da Cidade do Recife 2017 – Master 35+ Feminina nas dependências esportivas do Sport Club do Recife, com a decisão do terceiro lugar e da equipe campeã.

Com uma estrutura organizada por Ari Cunha responsável pela área de comunicação da Federação Pernambucana de Vôlei as duas partidas tiveram transmissão pelo site da Federação e muita música típica da época o “Forró” antes e durante os intervalos dos pontos deixando os presentes em um verdadeiro clima de São João.

Na partida preliminar da grande decisão Sport x Ninas fizeram um bom jogo com a vitória ficando para a equipe do Ninas por 2 x 0 (25/23, 25/14) e consequentemente a conquista do terceiro lugar.

Antes da grande final foi realizada uma homenagem a uma atleta de cada equipe que representaram todas as demais.

Enfim a decisão do título da CCR 2017 – Master 35+ entre as equipes do Náutico x Easy Team em um jogo bastante equilibrado que consagrou as alvirrubras as grandes campeãs com a vitória por 2 x 0 (28/26, 26/24).

Confira grandes imagens das finais da CCR 2017 Feminino Master 35+:

 

Faça parte de nossa fan page e curta belas imagens de grandes eventos.

Postado às 17:07

NÁUTICO NO FEMININO E UFPE NO MASCULINO OS VITORIOSOS DA SEGUNDA RODADA DA COPA CIDADE DO RECIFE DE VOLEIBOL

As meninas do Náutico venceu na estreia a equipe da Católica

Aconteceu na noite da terça-feira 28/03 a segunda rodada da Copa Cidade do Recife de Voleibol adulto com duas partidas realizadas na quadra do Antigo Colégio Nóbrega, uma válida pelo competição feminina e outra pelo masculino.

Luana atleta do Náutico

Pela chave feminina mediram forças a equipe do Náutico diante da Católica com vitória das alvirrubras por 2 x 0 (25/18, 25/19)com destaque para a atleta Luana do Náutico.

Igor atleta da UFPE

Pela chave masculina Católica e UFPE fizeram o primeiro confronto com três sets da competição com vitória da equipe da UFPE por 2 x 1 (23/25, 25/13 e 15/06), o destaque ficou por conta do atleta Igor da equipe da UFPE.

Na próxima sexta-feira 31/03 acontecem mais duas partidas que serão realizadas na quadra do Náutico.

Confira os próximos jogos e as imagens da segunda rodada da Copa Cidade do Recife:

20 hs pelo feminino – Olinda/PMMO/Agrovet x Uninassau

21:15 hs pelo masculino – Universo x UFPE

 

Postado às 17:30

BLOG NA COBERTURA DA COPA CIDADE DO RECIFE DE VOLEIBOL

Equipe da UFPE após vitória sobre o Olinda/PMMO/Agrovet por 2 x 0

O Blog esteve presente na noite desta quarta-feira 22/03 na abertura da Copa Cidade do Recife de Voleibol, competição que abre a temporada de jogos promovidos pela Federação Pernambucana. Nas categorias adulto masculino e feminino, dois jogos movimentaram a rodada que aconteceu na quadra do Sport Club do Recife e teve seu início às 19:30 hs.

Na primeira partida da noite na categoria feminina, a equipe da UFPE venceu a de Olinda/PMMO/Agrovet por 2 x 0 (25/22 e 25/17) com destaque para a atleta da UFPE Julia Griz. No segundo jogo da noite o Sport venceu a equipe do Projeto Emerson de Jaboatão também por 2 x 0 (25/21 e 25/18) com destaque para o atleta Victor Lucena do Sport.

Atleta do Sport e do Projeto Emerson de Jaboatão ao lado dos juízes da partida

O Blog contou com todo apoio de Ari Cunha Diretor de Comunicação da Federação Pernambucana de Voleibol que nos tem possibilitado todas as informações necessárias para nosso projeto de incentivo ao esporte amador de nosso estado.

Durante os dois jogos Ari Cunha procurou manter o projeto iniciado no ano passado de transmitir em tempo real os jogos, oferecendo mais um canal de divulgação para os amantes do voleibol e um facilitador para as equipes que folgarem na rodada poderem analisar seus futuros adversários.

Ary Cunha Diretor de Comunicação da Federação Pernambucana de Voleibol

Equipes e forma de disputa

Na categoria feminina integram a competição as equipes da UFPE, Olinda/PMMO/Agrovet, Católica, Náutico e Uninassau. Na Masculina integram as equipes do Sport, Projeto Emerson de Jaboatão, Católica, Universo e UFPE. Na sua fase classificatória, em cada naipe, todos jogam entre si no sistema de rodízio duplo, as quatro melhores classificadas seguem para a fase semifinal com cruzamento olímpico em playoff de dois jogos vencedores.

Confira as próximas rodadas:

dia 28/03 Terça-feira na Católica (Nóbrega):

20 hs pelo feminino – Náutico x Católica

21:15 hs pelo masculino – Católica x UFPE

dia 31/03 sexta-feira no Clube Náutico

20 hs pelo feminino – Olinda/PMMO/Agrovet x Uninassau

21:15 hs pelo masculino – Universo x UFPE

Postado às 17:23

CHEGOU AO FIM A ERA BERNARDINHO NA SELEÇÃO DE VÔLEI

bernardoBernardinho anunciou o futuro nesta quarta-feira

Chegou ao fim a ‘era Bernardinho’ na seleção brasileira de vôlei. Depois de quase 16 anos a frente do comando do time, o treinador anunciou nesta quarta-feira que deixará a equipe. O motivo principal foi a pressão da família, que pedia que ele tivesse mais tempo para descansar – Bernadinho também comanda o Rio de Janeiro na Superliga feminina, o que o faz trabalhar quase que todos os meses do ano.

Seu substituto será Renan dal Zotto, que, assim como Bernardinho, foi membro da geração que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles.

O período de Bernardinho – que seguirá como uma espécie de consultor da seleção masculina – na seleção foi simplesmente incrível. Após pegar uma seleção desacreditada, que havia caído na Olimpíada de 2000 ainda nas quartas de final para a Argentina, Bernardinho construiu uma das maiores hegemonias da história do esporte.

Foram 28 títulos relevantes, com direito a três Mundiais, duas Copas do Mundo e duas Olimpíadas – a última delas no ano passado, em solo brasileiro, no Rio de Janeiro.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 17:35

JOSÉ ROBERTO GUIMARÃES DEVE CONFIRMAR NESTA SEXTA-FEIRA SUA PERMANÊNCIA NA SELEÇÃO FEMININA DE VÔLEI

robertoJosé Roberto Guimarães está no comando do time feminino desde 2003 (Foto: Divulgação/CBV)

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) já havia manifestado o desejo de ter José Roberto Guimarães à frente da seleção feminina por mais um ciclo. Desde a eliminação precoce, nas quartas de final da Olimpíada do Rio, aguardava uma resposta do técnico. Na manhã desta sexta-feira, o novo acordo será anunciado na entrevista coletiva convocada pela entidade, que oficialmente ainda não confirma a renovação.

De acordo com apuração do GloboEsporte.com, o único tricampeão olímpico do Brasil (tem um ouro com a equipe masculina conquistado em Barcelona 1992 e outros dois, em Pequim 2008 e Londres 2012, com as meninas) vai mostrar o planejamento para o período. Durante a Paralimpíada, o irmão e comandante da seleção masculina de vôlei sentado, Fernando Guimarães, já havia dado pistas de que a história de Zé Roberto não havia terminado ali, naquela derrota doída contra a China.

À frente do time feminino desde 2003, ele terá o desafio de renovar o grupo para Tóquio 2020, já que alguns pilares se despediram nos Jogos. Casos de Sheilla e Fabiana. Outros nomes como Dani Lins e Jaqueline ainda não se decidiram.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 22:43

SELEÇÃO BRASILEIRA DE VÔLEI MASCULINA CONHECE SEUS ADVERSÁRIOS NOS JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016

bernardoBernardinho já sabe quais serão seus adversários nos Jogos Olímpicos do Rio (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

A seleção masculina de vôlei do Brasil conheceu nesta manhã de segunda-feira os adversários que enfrentará na primeira fase dos Jogos Olímpicos do Rio. Por ser uma das modalidades mais disputadas do evento, era praticamente impossível o time de Bernardinho não pegar potências do esporte. E duas delas estão no mesmo grupo A, como os Estados Unidos, algozes na final da Olimpíada de 2008, na China, e na decisão da Liga Mundial de 2014. Maior rival dos brasileiros na década de 90, a tradicionalíssima Itália também fará parte da campanha. Atual campeã da Liga Mundial no Rio de Janeiro, a França se junta ao grupo dos quatro principais candidatos a seguir à fase de mata-mata. Os azarões Canadá e México completam a chave.

Do outro lado (B), a atual campeã mundial Polônia e olímpica Rússia pintam como as forças destacadas. Pela primeira vez disputando uma edição olímpica, o Irã é a promessa. Cuba e Argentina tentarão surpreender os favoritos. O Egito é a zebra africana.

O sistema de formatação dos grupos se baseia no ranking mundial. Anfitrião e número 1 do ranking, o Brasil foi para o grupo A, consequentemente, a Polônia (2ª) para o B. Pelo método serpentina, a Rússia (3ª) se juntou aos europeus, e Itália (4ª) e Estados Unidos (5ª) aos sul-americanos. Assim, sucessivamente.

Os jogos do vôlei masculino na Olimpíada do Rio serão realizados no Maracanãzinho dos dias 7 a 21 de agosto. A tabela, com a ordem das partidas, não foi divulgada.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 12:50

VÔLEI FEMININO CONHECE SUAS ADVERSÁRIAS NO RIO 2016

voleiBrasil conheceu seus rivais nos Jogos Olímpicos (Foto: Fabio Leme)

A 74 dias dos Jogos Olímpicos do Rio, a seleção brasileira de vôlei feminino conheceu suas adversárias na primeira fase da competição. Cabeça de chave do grupo A, o Brasil terá um cenário nem tão hostil. O principal rival será a velha conhecida Rússia, presente nas campanhas de 2004, 2008 e 2012, e atual quarta colocada no ranking. As asiáticas japonesas (5º) e sul-coreanas (8º), as hermanas argentinas (9º) e as africanas de Camarões (21º) completam a chave.

Do outro lado estão as favoritas americanas, número um do mundo na atualidade. Segunda melhor, a China pinta como o jogo mais complicado para os Estados Unidos. As europeias Sérvia (6º), Itália (7º) e Holanda (14º) também se fazem presentes, assim como as portorriquenhas (16º).

O posicionamento no ranking foi o critério para a definição dos grupos. A única exceção foi o próprio Brasil. Terceiro do mundo, a seleção foi cabeça de chave por ser sede. Assim, EUA e China, líderes do ranking, caíram do mesmo lado, em vez de encabeçarem cada chave. O técnico José Roberto Guimarães ressaltou a dificuldade das chaves.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 17:37

RIO DE JANEIRO CONQUISTA 11º TÍTULO DA SUPERLIGA

rio de janeiro 2Rio de Janeiro amplia hegemonia no vôlei feminino

A Superliga feminina de vôlei tem uma dona. A mesma dos últimos quatro anos. Neste domingo, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília, o Rio de Janeiro bateu o Praia Clube por 3 sets a 1 (parciais de 25-18, 26-28, 28-26 e 28-26) e sagrou-se tetracampeão do torneio.

Este foi o 11º título da equipe carioca na história, aumentando ainda mais a vantagem para o segundo maior vencedor da competição, o Osasco, que tem cinco conquistas.

Já o Praia Clube fica com o vice após sua primeira final do torneio – enquanto esta foi a 12ª decisão consecutiva do time comandado por Bernardinho.

No jogo deste domingo, o Rio era favorito, mas tinha um adversário bem consistente do outro lado da rede. Afinal, a decisão foi protagonizada pelas duas melhores equipes da primeira fase. As cariocas tiveram a melhor campanha, enquanto o Praia Clube foi segundo colocado.

Além disso, desde 1981, quando Fluminense e Minas Tênis Clube decidiram a final daquele ano, não acontecia o confronto entre uma equipe carioca e outra mineira na decisão. Como Superliga, foi a primeira vez que cariocas e mineiras fizeram uma disputa de título.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 12:20

CRUZEIRO NOVAMENTE NA FINAL DA SUPERLIGA MASCULINA

cruzeiroCruzeiro busca tri na Superliga Masculina de Vôlei

Atual bicampeão e dono da melhor campanha da Superliga Masculina, o Cruzeiro mostrou porque domina o vôlei entre homens nesta sexta-feira. Em São Caetano do Sul, a equipe bateu o Sesi por 3 sets a 2, parciais de 26-24, 27-29, 23-25, 25-23 e 15-10, chegando assim à final do torneio nacional pela sexta vez seguida.

Na ida, em Minas Gerais, o time cruzeirense havia vencido por 3 a 1. Desta forma, os mineiros fecharam a decisão e agora esperam o adversário na final, que sairá do confronto entre Campinas e Taubaté.

O confronto entre Sesi e Cruzeiro é repleto de rivalidade, já que as duas equipes se enfrentaram pelo título do torneio nacional nos últimos dois anos, ambos com vitória do Cruzeiro, e em 2011, com triunfo da equipe paulista.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 22:57

ESTADOS UNIDOS É CAMPEÃO DA COPA DO MUNDO DE VÔLEI FEMININO

EUA 3Americanas comemoram a inédita conquista do título mundial (Foto: Divulgação / FIVB)

A renovação promovida pelo técnico Karch Kiraly no time feminino de vôlei dos Estados Unidos já rendeu o primeiro grande fruto. Com apenas quatro remanescentes da medalha de prata nas Olimpíadas de Londres, em 2012 – derrota para o Brasil na final – o jovem time americano apresentou um voleibol de qualidade e conquistou com muitos méritos o inédito título mundial neste domingo, em Milão, na Itália. Após atropelar a seleção brasileira na semifinal por 3 sets a 0, os EUA tiveram mais uma ótima atuação na final contra a China e venceram por 3 sets a 1 – parciais de 27/25, 25/20, 16/25 e 26/24.

Muito disciplinado taticamente, o time americano segurou a estrela chinesa Ting Zhu, que havia marcado 32 pontos na semifinal contra a Itália e anotou “apenas” 15 na decisão. O grande destaque dos EUA foi Kimberly Hill, de 24 anos, que marcou 20 pontos e foi eleita a MVP da final.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 21:44

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes