É GRAVE O ESTADO DE SAÚDE DE JULES BIANCHI PILOTO DE FÓRMULA 1

CRUZEIRO VENCE INTER, ABRE VANTAGEM E SEGUE RUMO AO TÍTULO
5 de outubro de 2014
BLOG COM NOSSO CORRESPONDENTE NA ARENA CORINTHIANS
5 de outubro de 2014

É GRAVE O ESTADO DE SAÚDE DE JULES BIANCHI PILOTO DE FÓRMULA 1

JulesJules Bianchi tem 25 anos e é piloto da Marussia (Foto: Reuters)

O francês Jules Bianchi, da Marussia, sofreu um grave acidente a dez voltas do fim do GP do Japão de Fórmula 1, vencido por Lewis Hamilton, da Mercedes, debaixo de forte chuva. O piloto de 25 anos atingiu um guindaste que removia a Sauber de Adrian Sutil na saída da curva 130R da pista de Suzuka. Inconsciente, Bianchi foi levado ao centro médico do autódromo e logo transferido para o Hospital Universitário de Mie, localizado a 17km do circuito. Por causa das condições climáticas, a equipe médica da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) preferiu fazer o transporte de ambulância, e não de helicóptero. Em razão da gravidade, a transmissão oficial da F-1 evitou exibir imagens do acidente e do resgate.

Pai do piloto, Philippe Bianchi disse a TVs francesas que o filho está passando por uma cirurgia na cabeça e seu estado é grave.

Testemunha ocular do acidente de Bianchi, Sutil confirmou a gravidade da situação, mas preferiu não se alongar:

– A situação de Bianchi é crítica. Espero que ele esteja em boas mãos. Eu estava em pé ali perto. Não quero dar detalhes – disse o piloto da Sauber.

O acidente ocorreu a nove voltas do fim. Primeiramente, a corrida foi paralisada com safety car. Um carro médico entrou rapidamente no circuito para efetuar os primeiros atendimentos ao piloto. Detectada a gravidade, uma ambulância foi acionada e a corrida foi interrompida com bandeira vermelha e, em seguida, encerrada. Jules não respondia às mensagens do rádio, o que logo gerou apreensão na equipe Marussia. O temor tomou conta do paddock. Os semblantes de pilotos, mecânicos e dirigentes denunciavam o clima de tensão.

A cerimônia do pódio foi realizada por protocolo, mas não contou com o tradicional banho de champanhe. A vitória ficou com Lewis Hamilton (Mercedes). Nico Rosberg (Mercedes) e Sebastian Vettel (RBR) completaram o pódio. Felipe Massa terminou em sétimo.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 08:37

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.