FLAMENGO QUER JOGAR COPA DO NORDESTE

SPORT, SANTA CRUZ E NÁUTICO LAÇAM CAMPANHA POR PAZ NO FUTEBOL
22 de janeiro de 2014
PERNAMBUCANOS SABEM QUANDO IRÃO ATUAR PELA COPA DO BRASIL
23 de janeiro de 2014

FLAMENGO QUER JOGAR COPA DO NORDESTE

Flamengo

Que tal se dividir no verão entre o Rio e o Nordeste? Este roteiro faz parte dos planos do Flamengo, mas não há nada de férias e praias nisso. O presidente Eduardo Bandeira de Mello admitiu seu desejo de incluir o clube carioca na Copa do Nordeste.

“Se, de alguma maneira, pudesse. Isso requer um planejamento mais detalhado e criatividade para se conseguir viabilizar”, afirmou à Folha sem fazer previsões de quando isso poderia acontecer.

“Ele perguntou se havia possibilidade. Por enquanto, acho que não. No futuro podemos pensar. Primeiro, precisamos consolidar a competição, que está voltando agora. Depois, poderia haver dois convites”, disse o presidente da Liga do Nordeste, Alexi Portela Júnior.

A arrecadação com estádios cheios e cotas de participação interessou o Flamengo. Cada equipe recebe R$ 350 mil pelos seis jogos da primeira fase. O campeão embolsa R$ 1,8 milhão. Passagens e hospedagens para jogos fora de casa são bancadas pela organização.

“Por jogo, a Copa do Nordeste paga muito mais do que a Série B”, compara Portela Júnior.

O dirigente flamenguista não teme críticas e um possível descrédito em relação ao torneio no caso de não se obedecer o critério da restrição a times nordestinos.

“Não vejo problema com isso. O Flamengo é um clube nacional, disparadamente o de maior torcida do país, tem mais torcedores fora do que dentro do Rio de Janeiro. Das 27 unidades federativas, é o time mais popular em 24”, afirmou, citando Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná como as exceções.

Fonte: Folha de São Paulo – Postado às 21:24

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.