HEXA FICA PARA 2022, BÉLGICA ELIMINA O BRASIL

INGLATERRA NOS PÊNALTIS ELIMINA A COLÔMBIA
3 de julho de 2018
FRANÇA ELIMINA O URUGUAI E SEGUE EM BUSCA DO BICAMPEONATO
6 de julho de 2018

HEXA FICA PARA 2022, BÉLGICA ELIMINA O BRASIL

Neymar, atuação apagada em Brasil 1 x 2 Bélgica (Foto: Sergio Perez/Reuters)

Eliminações entram para a história e são lembradas por ícones. Caniggia em 90. Zidane em 98 e 06. O 7×1 de 2014. A de 2018 tem o carimbo de um trio: De Bruyne, Hazard e Lukaku destruíram a seleção brasileira em 45 minutos, garantiram a vitória por 2 a 1 e colocaram a Bélgica na semifinal da Copa do Mundo. Nem o bom segundo tempo, com gol de Renato Augusto, que entrou muito bem, evitou a frustração de um Brasil que volta para casa sem transformar o bom futebol de praticamente toda a era Tite em título. Atuações individuais ruins como a de Fernandinho no jogo derradeiro, e de Paulinho e Gabriel Jesus ao longo de todo o Mundial, comprometeram a ideia de jogo. Justamente o que os belgas tiveram de melhor: três craques fazendo tudo dar certo.

A Bélgica volta a campo na próxima terça-feira para encarar a França, às 15h, em São Peterburgo, na busca por uma inédita vaga na final. A seleção brasileira, eliminada da Copa do Mundo, tem um compromisso marcado para o segundo semestre: o amistoso do dia 8 de setembro, contra os Estados Unidos, em Nova York.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 20:12

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.