HOJE TEM SHOW DA NBA NO RIO DE JANEIRO

NBA 5NBA no Rio: Cavaliers, de LBron e Varejão, vai enfrentar o Heat, de Bosh e Wade

O melhor jogo da pré-temporada 2014-2015 da NBA é no Brasil. É desta forma que o duelo entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers, neste sábado às 18h na HSBC Arena, está sendo tratado por jornalistas, dirigentes, fãs do basquete e até por jogadores. O foco do mundo do basquete está no Rio de Janeiro. O reencontro de LeBron James com seu ex-time é o atrativo mundial para a partida, mas a presença do brasileiro Anderson Varejão jogando em casa também está nos holofotes.

LeBron começou sua carreira nos Cavaliers e atuou por lá entre 2003 e 2010, levando a equipe duas vezes à decisão, em 2009 e 2010, mas perdendo o título. Quando resolveu sair de Cleveland, foi chamado de “traidor” pelos torcedores da cidade e chegou a ser contestado depois de um início sem títulos no Miami, onde ficou de 2010 até 2014. No entanto, não demorou muito para o ala mostrar o seu talento no Heat e conseguir o bicampeonato da NBA em 2012 e 2013, depois de mais um vice em 2011.

Apesar de todos os ingredientes que cercam a partida, o grande protagonista tentou minimizar a importância de seu reencontro com a ex-equipe, nas declarações que deu durante a semana no Rio.

“Não existe rivalidade, não tem toda essa história que vocês criaram. Eu fiz uma decisão como vários outros jogadores fizeram nesse verão. Ambos os times querem o campeonato e é isso. É só um jogo de pré-temporada, e eu continuo bem com todos os caras. Não estou ainda em uma natureza competitiva, é muito cedo. Claro que vai ser especial ver os caras de novo, mas todos estão a trabalho, é ótimo estar aqui”, disse LeBron.

Antes companheiros de LeBron durante quatro anos no Miami Heat e agora rivais dele, Dwyane Wade e Chris Bosh chegaram a se incomodar com o excesso de perguntas sobre o astro do Cavs. Mesmo sem entrar em polêmica, os dois principais jogadores do Heat agora tentaram evitar colocar o assunto em foco.

“Joguei um bom tempo sem o LeBron e fui campeão em 2006. Aí jogamos quatro anos juntos e agora ele voltou a ser rival. Não há nada além disso. Estou preocupado com meu time”, afirmou Wade.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 11:09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes