HONDA VENCE E MANTEM CINTURÃO FEMININO NO ULTIMATE

ronda 2

A rivalidade com Miesha Tate não foi suficiente para fazer Ronda Rousey sair de seu plano de luta. As vaias do público para ela, enquanto sua rival era aplaudida, muito menos. Pela oitava vez em oito lutas na carreira, ela aplicou uma chave de braço na sua adversária, mantendo seu cinturão do peso-galo feminino no Ultimate, pelo UFC 168, no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. O combate terminou com 58s do terceiro round e sacramentou a supremacia da campeã na categoria.

Durante a semana, Tate esteve sempre sorrindo, e Ronda manteve o semblante fechado. Nas encaradas também foi assim. Porém, na hora da luta, a campeã tratou de tirar o sorriso do rosto de sua rival. Assim como no primeiro encontro contra Tate, ainda pelo Strikeforce, Rousey utilizou seu judô para conseguir a queda e abrir caminho para sua famosa finalização, que lhe rendeu todos os triunfos no MMA. Desta vez, foi mais difícil que nas outras sete vitórias, quando nenhuma delas havia passado do primeiro assalto, mas a atuação dominante da campeã deixou claro quem é a melhor lutadora.

Fonte: globo.com – Postado às 07:37

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes