MAIS UM ESCÂNDALO, AGORA É NO HANDEBOL

CHINESES COMPRAM O MILAN POR R$ 2,5 BILHÕES
13 de Abril de 2017
SANTA CRUZ FAZ PAPEL EM CASA E JOGO PELO EMPATE EM SALGUEIRO PARA FAZER FINAL DO PERNAMBUCANO
15 de Abril de 2017

MAIS UM ESCÂNDALO, AGORA É NO HANDEBOL

O presidente da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), Manoel Luiz Oliveira, convidou os cartolas do esporte para um churrasco regado a cerveja na véspera da eleição da entidade, segundo relatos de quem estava presente. O dirigente venceu o pleito, que não foi homologado pelo STJD por denúncias do Dossiê Handebol da ESPN, e está sub judice até o julgamento do tribunal.

Foram convidados para o evento todos os presidentes de federações que apoiavam Manoel e também aqueles que estavam indecisos quanto ao voto na eleição do dia seguinte. Os seis que já eram declaradamente contra a atual gestão não foram convidados.

As informações foram confirmada pelo presidente da Federação de Rondônia, Erasmo Biasuz. Procurada, a CBHb disse que não iria se manifestar.

“O que posso dizer com certeza é que alguns presidentes não foram convidados para esse churrasco. A única coisa que eu senti é que os presidentes que não participaram foram os que estavam contra a chapa do Manoel. Só isso que posso dizer. Se foi feito algum acerto com algum presidente em separado, eu não sei. O que eu sei é que houve um dia de antecedência para alguns presidentes, em uma chácara com piscina, churrasqueira. Tinham 38 pessoas, entre presidentes e convidados”, disse o dirigente rondoniense, que compareceu ao evento.

Foto recebida pela ESPN mostra como foi evento com cartolas do handebol

No evento, o mandatário máximo do handebol nacional apresentou propostas e falou da chapa de oposição, que pela primeira vez montou um grupo mais forte para concorrer contra o dirigente que está há 28 anos no poder.

“O Manoel convidou os presidentes para chegarem lá um dia antes do que deveriam estar. Ele apresentou uma proposta, apresentou conversas da outra chapa, que se ganhasse um, outro assumiria, que um seria só fantoche, não sei o que mais. Falou sobre a situação dele de candidato e colocou a situação do opositor, que estava usando de má fé”, explicou Erasmo.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 15:03

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.