MIAS UM FIASCO DO BASQUETE BRASILEIRO

A crise do basquete brasileiro não tem limite

Agora, não é mais preciso fazer contas mirabolantes ou criar expectativas distantes da realidade. A seleção brasileira masculina de basquete está fora dos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, algo inédito em sua história.

A perda da vaga foi o resultado final de uma situação financeira crítica da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), que enfrentou uma suspensão da Federação Internacional (Fiba), e da campanha ruim no Grupo A da Copa América, disputado em Medelin, na Colômbia.

A tragédia para o basquete brasileiro foi sacramentada com os resultados Grupo B e C da Copa América, disputados em Baía Blanca e Montevidéu, respectivamente, nesta terça-feira. Os sete primeiros colocados da competição se classificam para o Pan, onde se juntarão ao Peru, sede dos Jogos de 2019. Para piorar, há semana, a medalha de ouro conquistada em 1987, com um triunfo histórico sobre os Estados Unidos, completou 30 anos.

A vitória do Canadá por 75 a 66 sobre a Venezuela não só classificou Ilhas Virgens no Grupo A para a fase final da competição, que será disputada em Córdoba, na Argentina, como acabou com as chances do Brasil de jogar o Pan de 2019.

Na sua campanha na Copa América, o Brasil venceu a Colômbia, em sua estreia, ainda assim por apenas dois pontos. Depois, perdeu para México e Porto Rico e ainda precisou conviver com uma crise envolvendo Bruno Caboclo, que se recusou a entrar em quadra no segundo quarto contra os mexicanos e foi afastado.

O Brasil já havia feito uma péssima campanha na Copa América feminina. Na competição, a seleção ficou na quarta colocação, perdendo a disputa do terceiro lugar para Porto Rico, e não conseguiu uma das três vagas na Copa do Mundo de 2018, que será na Espanha. Pelo menos, classificou-se para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que teve o mesmo critério de distribuição do masculino.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 22:44

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes