NÃO FOI FILME, FOI TUBARÃO DE VERDADE

VITÓRIA MAIÚSCULA DO SPORT E VOLTA AO G4
19 de julho de 2015
DIEGO SOUZA PUBLICA FOTO EM REDE SOCIAL APÓS VITÓRIA
19 de julho de 2015

NÃO FOI FILME, FOI TUBARÃO DE VERDADE

surfMomento em que tubarão se aproxima de Mick Fanning durante final da etapa de Jeffreys Bay (Foto: WSL)

A etapa de Jeffreys Bay por muito pouco não termina em uma grande tragédia. O australiano Mick Fanning sofreu um ataque de tubarão ao vivo logo no início da final do evento, contra o compatriota Julian Wilson. O tricampeão mundial estava parado em sua prancha quando foi surpreendido pelo animal. Ele tentou se proteger com a prancha e afastar o tubarão com socos. Demonstrando um semblante de desespero, Fanning chegou a ser atingido no rosto e foi derrubado na água. Em determinado momento, o australiano sumiu das imagens causando grande apreensão. Logo depois, reapareceu tentando nadar para a costa.

O resgate agiu rápido. Uma lancha e dois jet skis da organização se deslocaram para a cena do ataque e socorreram os surfistas. Para alívio geral, Fanning saiu da água inteiro, sem ferimentos, assim como Julian, que havia surfado em direção ao amigo para tentar ajudar. Os tubarões chegaram a cortar a corda que prendia a prancha ao pé do australiano, mas não o machucaram.

Já na lancha, mas ainda muito assustado, Fanning deu seu relato sobre o incidente:

– Era dos grandes. Eu estava sentado, parado e comecei a sentir algo ficar preso em minha perna e instintivamente eu pulei, tentando escapar. Mas ele começou a atacar minha prancha, eu comecei a gritar e socá-lo. Eu só vi barbatanas, não vi dentes. Eu estava esperando os dentes em mim. Chutei a traseira dele – disse Fanning, assustado, mas mantendo o bom humor.

Passado o susto, a organização da WSL se reuniu com Fanning e Julian e decidiu não realizar mais a final. Com isso, ambos ficaram com a pontuação de 2º colocado, e Adriano de Souza, o Mineirinho, seguiu como líder do ranking. Os dois australianos eram os únicos dos competidores a chegar nas quartas de final que poderiam passar o brasileiro na tabela, caso fossem campeões do evento.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 22:31

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.