O PRIMEIRO DIA DA NATAÇÃO PASSADO A LIMPO

4 - IMG-20160804-WA0009Ontem foi bastante agitado no Estádio olímpico de natação, com quatro finais, os atletas agitaram as águas do estádio ate as 23h32min (horário de Brasília ), na prova do Revezamento 4x100m livre – Feminino, sendo essa a ultima prova do dia.

As atividades no estádio tiveram inicio com a prova dos 400m medley – Masculino, que em suas baterias tiveram como destaque os tempos dos atletas: Chase Kalisz, Daiya Seto e Kosuke Hagino (EUA, Japão, Japão), que foram o primeiro, segundo e terceiro colocado, fazendo os tempo de 4:08.12, 4:08.47 e 4:10.00,  respectivamente. O pódio não teve mudança em relação aos primeiros colocados nas baterias, apenas uma mudança na ordem, sendo o japonês Kosuke Hagino, ficando com a medalha de ouro, o americano Chase Kalisz, com a medalha de prata e com a medalha de bronze ficou com o outro japonês Daiya Seto, que conseguiram o tempo de 4:06.05, 4:06.75 e 4:09.71, respectivamente.

A prova dos 100m borboleta – Feminino, que em suas baterias tiveram as participações de duas brasileiras, a Daynara de Paula e Daiene Marcal, que conseguiram o tempo de 57,92 e 58,15, respectivamente, com êxito conseguiram passar para as semi-finais, o melhor tempo de todas as baterias ficou com a sueca, Sarah Sjostrom, conseguindo a marca de 56,26. Nas semifinais, infelizmente as brasileiras não conseguiram um resultado para ir para as finais, ficando no meio do caminho a chance de medalha do Brasil nessa prova, a melhor colocação, ficou novamente com a sueca Sarah Sjostrom, que conseguiu o tempo de 55,84.

A prova dos 400m livre – Masculino, que tivemos apenas o Luiz Altamir, em sua primeira olimpíada, o único representante do Brasil na prova, conseguiu o tempo de 3:50.82 na bateria, com esse tempo o atleta não conseguiu garantir sua classificação na final,  o melhor tempo das baterias, ficou com o americano Conor Dwyer, com o tempo de 3:43.42. Na final, o pódio foi composto pelo o Australiano Marck Horton, que ficou o ouro, o Chinês Sun Yang, que ficou com a prata e o Italiano Detti Gabriele, que ficou com o bronze, conseguiram um tempo de 3:41.55, 3:41.68 e 3:43.49, respectivamente.

A prova dos 400m medley – Feminino, a única representante do Brasil na prova, foi a pernambucana Joana Maranhão, que ficou com tempo de 4:38.88 nas baterias, com esse tempo não conseguiu sua classificação na final. Na final, o pódio foi composto pela húngara Katinka Hosszú, que ficou a medalha de ouro, e também se tornou detentora do novo recorde mundial, à prata ficou a americana Madeline Dirado, o bronze ficou com a espanhola Mirela Garcia, que conseguiram o tempo de 4:26.36(WR), 4:31.15 e 4:32.39, respectivamente.

Na prova dos 100m peito – masculino, o Brasil teve como representantes os atletas Felipe França e João Gomes, os atletas conseguiram os tempos de 59.01 e 59.46, com esse tempo os atletas brasileiros conseguiram se classificar para as semifinais, o melhor tempo das baterias ficou com o britânico Adam Peaty, fazendo o tempo de 57.55. Nas semifinais tivemos a classificação dos dois brasileiros, Felipe e João, os mesmos se classificaram com os tempos de 59.35 e 59.40, ficaram com o sexto e sétimo melhor tempo, presenças na final. O melhor tempo ficou novamente a cargo do britânico Adam Peaty, que conseguiu um melhor tempo, conseguindo chegar com 57.62.

No Revezamento 4x100m livre – Feminino, nossas atletas brasileiras conseguiram o tempo de 3:39.40 nas baterias, que com esse tempo não conseguiram classificar a equipe brasileira para a Final. A final do revezamento foi a ultima prova da noite, e fechou o primeiro dia olímpico com uma disputa bastante acirrada, mais as atletas australianas conseguiram a medalha de ouro, e se tornou detentora do recorde mundial, logo em seguidas as atletas americanas ficaram com a prata, e as canadenses com a medalha de bronze, as equipes conseguiram os tempos de 3:30.65(WR), 3:31.89 e 3:32.89.

Postado às 08:54

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes