POLIANA OKIMOTO ESCREVE SEU NOME NA HISTÓRIA DA MARATONA AQUÁTICA DO BRASIL

ISAQUIAS QUEIROZ NA FINAL DA CANOAGEM DE VELOCIDADE C1 1000M
15 de agosto de 2016
ARTHUR ZANETTI É PRATA NAS ARGOLAS
15 de agosto de 2016

POLIANA OKIMOTO ESCREVE SEU NOME NA HISTÓRIA DA MARATONA AQUÁTICA DO BRASIL

4 - IMG-20160804-WA0009O pelotão de 26 atletas iniciou a prova no Forte de Copacabana às 10h. Após 30 minutos, a primeira parcial, que é medida após 2,5 quilômetros percorridos, trazia a brasileira Ana Marcela Cunha na liderança da prova, com tempo de 30m51s. A atleta era seguida de perto pela compatriota Poliana Okimoto, que cravou 30m53s. A holandesa Sharon Van Rowendaal cruzou a primeira boia com o mesmo tempo de Poliana, ocupando a terceira colocação.

Segunda parcial

A segunda parcial, medida após 5 quilômetros de prova, trouxe as brasileiras pouco atrás das posições obtidas na primeira parcial. A queda de rendimento foi provocada pela passagem no posto de abastecimento. As atletas também diminuíram um pouco o ritmo para guardar gás para a reta final da prova.

Terceira parcial

Na terceira parcial, medida após 7,5 quilômetros percorridos, a prova era liderada por Sharon Van Rouwendaal, que havia feito o trajeto em 1h29m29s5. A italiana Rachele Bruni seguia de perto a holandesa com tempo de 1h29m33s4. Poliana Okimoto recuperou-se bem da segunda parcial e ocupava a terceira colocação, com 1h29m34s5. Ana Marcela Cunha terminou a etapa na 7ª colocação, percorrendo a distância em 1h29m38s4.

Reta final

Faltando apenas 2,5 quilômetros para o fim da prova, Poliana Okimoto seguia de perto as atletas europeias que lideravam a prova. Já Ana Marcela Cunha sofria para retomar o bom ritmo do início. Contudo, na reta final, a francesa Aurelie Muller teve recuperação espetacular e acabou na segunda colocação. Com isso, a italiana Rachele Bruni acabou caindo para a terceira colocação, tirando a oportunidade de Poliana conquistar sua primeira medalha em Jogos Olímpicos. Ana Marcela também caiu de ritmo e perdeu quatro posições, terminando a prova na 10ª colocação.

polianaPoliana Okimoto ganha bronze na maratona aquática (Foto: Reprodução/SporTV)

A atleta Poliana Okimoto foi do inferno ao céu no termino da maratona. A atleta havia terminado a maratona aquática de 10 km na quarta colocação e perdido a chance de ganhar medalha. No entanto, após uma punição aplicada a francesa Aurelie Muller, que havia terminado na segunda colocação, a brasileira ficou na terceira colocação, conquistando a medalha de bronze.

Postado às 13:16

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.