POLO AQUÁTICO MASCULINO DO BRASIL PARA NA CROÁCIA E FICA FORA DA LUTA POR MEDALHA

SELEÇÃO FEMININA DE FUTEBOL PERDE NOS PÊNALTIS E VAI DISPUTAR O BRONZE
16 de agosto de 2016
DUPLA ALEMÃ ELIMINA A BRASILEIRA DA FINAL NO VÔLEI DE PRAIA FEMININO
16 de agosto de 2016

POLO AQUÁTICO MASCULINO DO BRASIL PARA NA CROÁCIA E FICA FORA DA LUTA POR MEDALHA

polo aquatico 6Brasil faz jogo duro, mas não consegue superar a forte equipe da Croácia (Foto: Laszio Balogh/REUTERS)

Nem as constantes vaias da torcida brasileira seriam capazes de parar, nesta terça, os atuais campeões olímpicos. A Croácia ignorou o enorme barulho vindo das arquibancadas lotadas do Estádio Olímpico Aquático e acabou com o sonho do Brasil de ir longe nos Jogos Rio 2016. Os brasileiros lutaram até o fim, chegaram a encostar, mas não conseguiram frear os fortes rivais e foram derrotados por 10 a 6 no duelo pelas quartas de final. A seleção anfitriã disputa agora os confrontos que definirão as posições entre o quinto e o oitavo lugar. O próximo desafio será contra a Hungria, na quinta-feira, enquanto os croatas vão pegar Montenegro na semifinal.

O Brasil sempre soube que enfrentaria uma pedreira em busca de um inédito lugar nas semifinais do torneio masculino. A Croácia é considerada uma das maiores potências da modalidade e exporta sua tradição para o mundo, tanto que é a atual campeã olímpica. Mas uma vitória dos brasileiros no ano passado, pela Liga Mundial, e a boa campanha na primeira fase da Olimpíada ainda davam esperanças de resultado positivo neste duelo. No confronto desta terça, no entanto, os croatas mostraram mais uma vez a superioridade. O goleiro Marko Bijac fechou a porta, enquanto o ataque foi eficiente. Já a seleção brasileira não teve boa atuação de seu goleiro sérvio Slobodan Soro e sofreu com a forte marcação adversária.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 17:31

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.