RIO 2016 – MARATONAS AQUÁTICAS

SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE REALIZOU UMA DAS MAIORES ETAPAS DO CIRCUITO ECOBIKE
26 de julho de 2016
RIO 2016 – CONHECENDO A NATAÇÃO
27 de julho de 2016

RIO 2016 – MARATONAS AQUÁTICAS

polianaPoliana Okimoto (foto), Ana Marcela Cunha e Allan do Carmo são os representantes do Brasil

O que é

Maratonas aquáticas é o nome de uma modalidade esportiva da natação praticada em água abertas. Ela pode ser praticada em águas oceânicas (mares), lagos ou rios. O percurso em que o nadador deve nadar, geralmente, é de longa distância. Nas Olimpíadas de 2016, por exemplo, será de 10 quilômetros.

Os nadadores que praticam esta modalidade esportiva devem ter muita resistência física, que é adquirida com treinamento intensivo e conhecimento de técnicas específicas para este tipo de natação.

Origem das maratonas aquáticas

Esta modalidade de natação é muito antiga. Está ligada aos primórdios na Natação. Na Grécia Antiga, como não havia piscinas, a natação nos primeiros Jogos Olímpicos era praticada em águas abertas.

As maratonas aquáticas foram criadas pelo militar e nadador inglês Mattew Webb. Em 1875, ele foi o primeiro a atravessar o Canal da Mancha (34 km entre a Grã-Bretanha e a França) a nado sem qualquer equipamento ou salva-vidas. Criou a partir dai esta modalidade da natação.

Características principais e regras básicas:

Numa prova de maratona aquática, vence o nadador que chegar primeiro no final do percurso, tocando a placa de chegada.

O percurso é demarcado por boias.

Nas Olimpíadas de 2016, as provas serão disputadas por 25 nadadores (tanto no masculino quanto no feminino).

Os nadadores utilizam um chip no pulso para marcar seu tempo na prova.

Juízes e cronometristas (seis de cada) ficam na plataforma e em barcos, acompanhando de perto os nadadores. Eles são responsáveis por registrar o tempo de chegada de cada nadador.

Antes do início da prova, especialistas verificam a temperatura da água. Esta deve estar entre 16 e 31 graus Celsius. Este é um quesito importante para garantir a segurança dos nadadores. A segurança dos nadadores é acompanhada por fiscais, que seguem eles em embarcações durante todo o percurso.

Curiosidades:

As maratonas aquáticas começaram a fazer parte dos Jogos Olímpicos (como prova de natação) em 2008, a partir das Olimpíadas de Pequim. Somente nas Olímpiadas de 2016 passou a ter status de esporte.

Nos Jogos Olímpicos do Rio de 2016, as provas de maratonas aquáticas (masculino e feminino) serão disputadas nas águas do mar da Praia de Copacabana (Forte de Copacabana), nos dias 15 e 16 de agosto.

O maior medalhista olímpico das Maratonas Aquáticas (até Londres 2012) é o nadador alemão Thomas Lurz. Ele é detentor de duas medalhas olímpicas (uma de prata e uma de bronze).

Os momentos finais das provas de maratonas aquáticas costumam ser muito emocionantes. Nestes momentos é comum ocorrer o sprint, ou seja, o aumento de velocidade (arrancada) dos nadadores rumo à placa de chegada.

Fonte: suapesquisa.com – Postado às 08:54

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.