SPORT PERDEU SÓCIOS EM 2017

FELIZ NATAL
24 de dezembro de 2017
QUENIANA VENCE A SÃO SILVESTRE 2017
31 de dezembro de 2017

SPORT PERDEU SÓCIOS EM 2017

Ilha do Retiro lotada é um diferencial para o Sport que não aconteceu muito em 2017

Todo torcedor espera ver seu time campeão e na pior das hipóteses entre os primeiros em qualquer competição que esteja inserido, porém muitos não estão interessados em saber como o clube vai conseguir recursos para ter bons elencos e grandes jogadores, o que importa é comemorar as vitórias e criticar as derrotas.

O Palmeiras investiu R$ 100 milhões em reforços, trouxe estrelas como Guerra e Borja, campeões da Copa Libertadores de 2016. Já o Corinthians sagrou-se campeão do Campeonato Paulista e o Campeonato Brasileiro em 2017. Mesmo assim esses dois clubes estão entre as que mais perderam sócios neste ano, segundo dados do site “Histórico Futebol Melhor“.

A situação é no mínimo curiosa porque eles ocupam posições altas em números totais de sócios torcedores. O Corinthians é o segundo do ranking, com 124.690 inscritos, enquanto o Palmeiras é o terceiro, com 122.923.

De acordo com dados do site citado, o clube alvinegro teve 8.946 desistências no plano Fiel Torcedor, muitas delas no início do ano justamente pela baixa expectativa na temporada – clube havia sido apenas o sétimo, sem vaga na Libertadores.

Sport Club do Recife

Neste final de temporada foi especulado que a situação financeira do Sport não era como se espelhava e o clube encontra algumas dificuldades para honrar alguns compromissos e com base nestas informações os comandantes do clube na atual gestão determinarão uma redução na folha de pagamento em torno dos 25% a 30% para 2018.

E no estudo realizado pelo Histórico Futebol Melhor em 2017 o clube aparece na posição 63 com uma perda de 702 sócios ficando atualmente com 43.288 sócios. Como é comum no futebol brasileiro o sócio ser fiel aos resultados a falta deles faz o clube perder receitas importantes advindas deste torcedores uma vez que não procuram explorar sua parte social como um atrativo fora do futebol e nem tampouco realizar parcerias de marketing como descontos em redes comerciais para conseguir manter e aumentar o número de sócios.

Fonte: ESPN.com.br  e Sérgio Leandro – Postado às 12:00

Comentários

Comentários

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.