ATLETICO MINEIRO

ATLÉTICO MINEIRO MOSTRA FORÇA DO INDEPENDÊNCIA E CONQUISTA O CAMPEONATO MINEIRO

Galo fez a festa no independência

Dono da melhor campanha na primeira fase do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG coroou a sua caminhada de maneira brilhante, conquistando o título do Estadual. E do jeito que o torcedor atleticano mais gosta: diante do grande rival Cruzeiro! Neste domingo, o Atlético-MG derrotou o Cruzeiro por 2 a 1 no Horto e levantou o troféu do Campeonato Mineiro pela 44ª vez na história.

As duas equipes tinham empatado no último domingo no Mineirão em 0 a 0. Portanto, o Cruzeiro necessitava da vitória no Estádio Independência. Mas não foi possível para a equipe de Mano Menezes. O Atlético-MG abriu o placar no primeiro tempo, com Robinho. Na volta para a segunda etapa, o Cruzeiro partiu com tudo para cima e conseguiu o empate com Ramón Ábila, que tinha entrado no lugar de Hudson. Após a igualdade, o time de Mano Menezes tentou pressionar para obter o gol da virada, mas foi o Atlético-MG que balançou a rede, em chute forte de Elias: 2 a 1 e título para o Atlético.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 19:49

JÁ REBAIXADO SANTA CRUZ FEZ BOM JOGO CONTRA O ATLÉTICO MINEIRO

1-img_3041Atacante Keno foi autor de um belo gol (Fonte: Genival Paparazzi)

O Arruda vazio, na noite deste domingo, era o retrato do melancólico fim de temporada do Santa Cruz. Rebaixado, o time recebeu o Atlético-MG, que – mais interessado na final da Copa do Brasil – levou ao Recife um time quase inteiramente reserva. Dentro de campo, no entanto, a partida foi diferente da atmosfera que a cercava. Muito movimentada, com viradas e vários gols. Ao fim, empate em 3 a 3. Os gols foram marcados por Grafite, Keno e Vítor, para o Trioclor, e Fred, Clayton e Hyuri, para o Galo.

Agora com 28 pontos, o Santa fica um na frente do América-MG, que soma 27. Na próxima rodada, o time Tricolor pega o Grêmio, novamente no Arruda, às 19h30 (de Brasília). O Galo, por sua vez, se mantém na quarta posição na tabela. E volta a campo, pelo Brasileiro, também no domingo. Recebe o São Paulo. Antes disso, porém, tem um compromisso importante: a primeira final da Copa do Brasil, na quarta-feira, no Mineirão, contra o Grêmio.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 11:04

COM POLÊMICA GALO É CAMPEÃO MINEIRO

atletico mineiro 1Galo vence defesa da caldense e é campeão Mineiro

Não sou eu aqui, nessas poucas linhas de raciocínio, que direi do que o Galo é capaz. Victor fez isso um punhado de vezes na Libertadores de 2013. Levir e seus meninos repetiram a dose na campanha vitoriosa da Copa do Brasil em 2014. E Jô seguiu a história de superações neste domingo, ao superar a barreira da Caldense e virar personagem principal de mais um título mineiro para a conta.

A taça tinha cara da Caldense, líder da primeira fase, única invicta do torneio e sem sofrer gols há dois meses. Mas tudo que tem a cara de um, também tem a cara do Atlético. Como se tirasse forças de onde ninguém tiraria. Como se transformasse a descrença em combustível. Como se falasse: “Aqui, e não importa onde, mando eu”. E, de fato, manda, mesmo que de um jeito não tão legal de ser campeão.

A vitória por 2 a 1 garante o quarto título estadual dos últimos seis anos, mas levanta polêmicas. Thiago Ribeiro abrira o placar para o Atlético, Luiz Eduardo empatara para a Caldense. Só que Jô saiu do banco e quebrou o jejum de mais de um ano sem marcar. O atacante estava em posição irregular, o que tirou todos os adversários do sério. A arbitragem precisou de proteção policial para deixar o Melão, em Varginha.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 19:09

O HORTO ESTAVA FECHADO PARA O ATLÉTICO E ABERTO PARA O ATLAS-MEX

hortoAndré (dir.) corre atrás de Rodrigo Millar durante a derrota do Atlético para o Atlas

O caldeirão virou panela de pressão. Não foi o roteiro que se esperava: mesmo com forte apoio de sua torcida, o Atlético-MG não superou a falta de criatividade de seu meio-de-campo, parou no Atlas-MEX e nem mesmo ‘São Victor’ conseguiu evitar a derrota de 1 a 0, nesta quarta-feira, na Arena Independência. Sobrou para o meia Maicosuel, vaiado a cada toque na bola após mais uma atuação ruim.

Ele não esteve sozinho.

O argentino Dátolo, um dos destaques alvinegros até aqui na temporada, foi outro que também decepcionou e não apareceu na armação.

Com a dupla apagada, o técnico Levir Culpi tentou ousar e lançou o colombiano Shermán Cárdenas no lugar do volante Leandro Donizete no intervalo. Sem sucesso.

A pressão foi praticamente toda dos mexicanos.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 22:08

A COPA DO BRASIL 2014 É DO GALO

atletico mineiroJogadores do Atlético Mineiro celebram o Título da Copa do Brasil

No maior Cruzeiro x Atlético de todos os tempos, deu “Galo”.

Após vencer a partida de ida por 2 a 0, a equipe alvinegra bateu novamente o maior rival nesta quarta-feira, no Mineirão, desta vez por 1 a 0, e conquistou a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história.

Além disso, encerrou o ano sem perder nenhuma vez para o adversário.

O herói da partida foi o centroavante Diego Tardelli, que, curiosamente, ainda não havia marcado nenhuma vez no torneio mata-mata. Aos 47 do primeiro tempo, ele cabeceou com precisão um cruzamento certeiro de Dátolo e colocou na rede de Fábio, que nada pôde fazer.

Foi o 110° gol do camisa 9 com a camisa alvinegra.

No Mineirão, os cerca de 1,8 mil torcedores atleticanos fizeram a festa, que contrastou com a tristeza dos mais de 40 mil cruzeirenses que foram ao estádio na esperança da virada.

O título da Copa do Brasil coroa o segundo ano seguido de sucesso atleticano. Em 2013, a equipe havia conquistado a Copa Libertadores, que se somou aos títulos da Recopa Sul-Americana e agora da Copa do Brasil em 2014.

Essa é a segunda conquista nacional da história alvinegra, que tem também a taça do Campeonato Brasileiro de 1971. Com isso, acaba um hiato de 43 anos dos atleticanos sem títulos nacionais.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 08:08

ATLÉTICO MINEIRO LARGA NA FRENTE NA FINAL DA COPA DO BRASIL

tardeliFoto: Agência Estado

Um dos lados de Belo Horizonte está em festa. Outro, precisará evocar energia, garra e fé para reverter um resultado complicadíssimo. No primeiro jogo da final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (12), o Atlético-MG largou na frente e derrotou o Cruzeiro pelo placar de 2 a 0 no Independência, com gols de Luan e Dátolo.

Considerado o clássico mais importante da história de Minas Gerais, o jogo terá mais 90 minutos e será decidido no próximo dia 26, no Mineirão. Uma vitória por 2 a 0 do Cruzeiro leva a decisão para pênaltis, enquanto um triunfo simples e qualquer empate deixam o título com o Atlético.

Fonte: Esporte Interativo – Postado às 00:28

FINAL MINEIRA DA COPA DO BRASIL PARA FICAR NA HISTÓRIA

mineira 2Cruzeiro e Atlético Mineiro fazem final histórica da Copa do Brasil

Em uma banca na esquina da Rua São Paulo com a Avenida Afonso Pena, no centro de Belo Horizonte, uma mãe comprava uma camisa do Cruzeiro para o filho. Ao seu lado, um rapaz comprava uma pulseira e emendou: “O Cruzeiro vai perder, larga disso”. A mãe, tímida, apenas sorriu. Perto dali, uma senhora cruzava a Avenida Amazonas, abraçada a um bandeirão do Cruzeiro cantando, para que todos pudessem ouvir: “Dizem que somos loucos da cabeça, amamos o Cruzeiro é o que interessa!”. Uma moça a viu e pensou alto: “Cruzeirense doida”. A “doida” torcedora celeste estava tão envolvida com a cantoria que não parou para conversar com a reportagem.

A decisão da Copa do Brasil desta quarta-feira está no dia a dia dos moradores da capital. Está na boca dos mineiros. Mesmo para quem não se interessa. Em meio a buzinas, multidões, carros, ônibus e motos aos montes, é possível escutar o som das conversas nas esquinas do centro da cidade. Não é difícil identificar o papo. Aos poucos, um “Galo” surge ali, “Cruzeiro” dali. As cores celestes e alvinegras estão mais evidenciadas. Decoram comércios e vestem vários torcedores. A histórica final reúne vários sentimentos em atleticanos e cruzeirenses.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 15:30

PODE ACREDITAR, ATLÉTICO MINEIRO ESTÁ NA FINAL DA COPA DO BRASIL

atletico mgEu acredito! Atlético-MG amassa o Flamengo e goleia no Mineirão

Inacreditável? Inacreditável para quem não é Galo, para quem não sabe da força e do coração dos atleticanos. Foi heroico, isso, sim. Em mais uma virada espetacular, o Atlético-MG acreditou até o fim, venceu o Flamengo por 4 a 1, nesta quarta-feira à noite, no Mineirão, e avançou à final da Copa do Brasil pela primeira vez na história. Na decisão, o adversário será o grande rival Cruzeiro.

Assim como tinha acontecido nas quartas de final contra o Corinthians, o time mineiro perdeu por 2 a 0 fora de casa e saiu atrás no placar no jogo de volta, em Belo Horizonte. Desta vez, Everton abriu o placar para o Rubro-Negro, atual campeão da competição. Ainda no primeiro tempo, Carlos igualou. Após o intervalo, Maicosuel, Dátolo e Luan concretizaram outra virada histórica para o Atlético-MG. Resultado exato que o Alivnegro precisava, com o quarto gol saindo aos 39 minutos da segunda etapa.

Festa no Mineirão! Muita festa no estádio que vai receber o clássico mineiro na decisão da Copa do Brasil de 2014.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 00:12

SPORT SOMA MAIS UMA DERROTA NO BRASILEIRO

atleticoTiago marcou o primeiro gol do Atlético-MG e abriu o caminho da vitória (Foto: Cristiane Mattos / Ag. Estado)

O Atlético-MG superou os desfalques e a expulsão do goleiro Victor no início do segundo tempo para conseguir uma virada sobre o Sport na noite deste sábado, no Independência. O placar de 3 a 2 deixa o Galo provisoriamente na vice-liderança, dependendo de uma derrota do São Paulo para o Goiás na segunda-feira.

O Sport bem que tentou estragar a noite atleticana no Horto e saiu na frente com Rodrigo Mancha no primeiro tempo, mas viu a reação começar com Tiago, estreante da noite. No segundo tempo, Dátolo e Carlos marcaram os outros gols. Danilo ainda fez o segundo dos pernambucanos.

O Atlético-MG soma 54 pontos, um a mais do que o São Paulo e sete a menos do que o líder Cruzeiro. A lista de desfalques teve 14 nomes, entre eles os suspensos Tardelli, Luan e Edcarlos.

O Sport, que acumula oito partidas sem vencer (seis derrotas e dois empates), fica mais próximo da zona de rebaixamento. Está em 12º lugar e tem 37 pontos, quatro a mais do que o Coxa, 17º colocado.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 09:40

EM MEIO AS HOMENAGENS A ARIANO SUASSUNA, SPORT BATE ATLÉTICO-MG NA ILHA

DurvalFelipe Azevedo e Durval garantiram a vitória para o Sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Vestido de encarnado e preto, o bando dos pernambucanos, comandado por Severino de Aracaju (personagem do Auto da Compadecida trazido pelo zagueiro Durval na camisa), não se intimidou com a força da volante mineira e impôs uma derrota categórica aos forasteiros. Essa seria uma forma de Ariano Suassuna contar a história da vitória do Sport por 2 a 1, sobre o Atlético-MG, neste domingo, na Ilha do Retiro. Com os nomes de personagens dos seus livros às costas, os jogadores rubro-negros prestaram a maior homenagem que o escritor poderia receber. Venceram. Sem Ronaldinho Gaúcho, que deve ter seu futuro decidido na terça-feira, o Galo foi presa fácil e amargou sua terceira partida sem vencer na Série A.

O Sport chegou ao quinto jogo sem derrota, foi a 21 pontos e subiu para a quinta colocação. A equipe mineira, com 15 pontos, é a 11ª na tabela. Os gols saíram todos no segundo tempo. Felipe Azevedo aos 5 e Durval, aos 23. Tardelli descontou de pênalti, aos 39.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo, pela 13ª rodada do Brasileirão. O Leão encara o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli, enquanto o Galo recebe o Atlético-PB, às 18h30, no Independência.

Fonte: globoesporte.com – Postado às 20:13

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes