BASQUETE

MIAS UM FIASCO DO BASQUETE BRASILEIRO

A crise do basquete brasileiro não tem limite

Agora, não é mais preciso fazer contas mirabolantes ou criar expectativas distantes da realidade. A seleção brasileira masculina de basquete está fora dos Jogos Pan-Americanos de 2019, em Lima, algo inédito em sua história.

A perda da vaga foi o resultado final de uma situação financeira crítica da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), que enfrentou uma suspensão da Federação Internacional (Fiba), e da campanha ruim no Grupo A da Copa América, disputado em Medelin, na Colômbia.

A tragédia para o basquete brasileiro foi sacramentada com os resultados Grupo B e C da Copa América, disputados em Baía Blanca e Montevidéu, respectivamente, nesta terça-feira. Os sete primeiros colocados da competição se classificam para o Pan, onde se juntarão ao Peru, sede dos Jogos de 2019. Para piorar, há semana, a medalha de ouro conquistada em 1987, com um triunfo histórico sobre os Estados Unidos, completou 30 anos.

A vitória do Canadá por 75 a 66 sobre a Venezuela não só classificou Ilhas Virgens no Grupo A para a fase final da competição, que será disputada em Córdoba, na Argentina, como acabou com as chances do Brasil de jogar o Pan de 2019.

Na sua campanha na Copa América, o Brasil venceu a Colômbia, em sua estreia, ainda assim por apenas dois pontos. Depois, perdeu para México e Porto Rico e ainda precisou conviver com uma crise envolvendo Bruno Caboclo, que se recusou a entrar em quadra no segundo quarto contra os mexicanos e foi afastado.

O Brasil já havia feito uma péssima campanha na Copa América feminina. Na competição, a seleção ficou na quarta colocação, perdendo a disputa do terceiro lugar para Porto Rico, e não conseguiu uma das três vagas na Copa do Mundo de 2018, que será na Espanha. Pelo menos, classificou-se para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que teve o mesmo critério de distribuição do masculino.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 22:44

UNINASSAU VENCE A 5ª PARTIDA NA LBF

basqueteUninassau superou o Presidente Venceslau, por 67 a 63, nesta terça-feira (24) (Foto: Presidente Venceslau / Divulgação)

Em jogo pegado do início ao fim, o Uninassau bateu o Presidente Venceslau, em casa, na noite desta terça-feira (24), por 67 a 63 (28 a 35 no primeiro tempo), pela Liga de Basquete Feminino (LBF). Atrás no placar nos primeiros dois quartos de jogo, as pernambucanas souberam manter a calma para passar à frente e administrar a partida até o apito final. Por sua vez, as visitantes se mantiveram o tempo todo encostadas no marcador, o que levou a decisão da partida para os segundos finais.

O próximo duelo entre as equipes é nesta quinta-feira (26), às 21h (horário de Brasília), novamente no Centro Esportivo Salesiano, no Recife (PE), mesmo palco da partida desta terça-feira.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 22:32

FIBA SUSPENDE CBB! O CAOS EM NOSSO BASQUETE

basqueteCarlos Nunes, presidente da Confederação Brasileira de Basquete desde 2009

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) anunciou nesta segunda-feira a suspensão da confederação brasileira (CBB) após reunião de seu comitê executivo.

 Em comunicado, a entidade que rege o esporte mundial disse que apesar de prover “apoio e flexibilidade” em “múltiplas ocasiões” antes dos Jogos Olímpicos de 2016, o comitê executivo entendeu que a CBB “ainda precisa de reestruturação e atualmente não está cumprindo completamente com suas obrigações como membro da FIBA”.
De acordo com a FIBA, quatro fatores contribuíram para a tomada dessa decisão:
– a não-participação em competições internacionais, como um torneio continental junior e mundiais sênior 3×3, assim como não organizar um evento do tour mundial de 3×3 no Rio de Janeiro. “Um alto número de jogadores já foram afetados por essas ausências, pois eles perderam a oportunidade de classificar e jogar internacionalmente nos próximos anos. Em nível nacional, um importante campeonato nacional junior foi cancelado pela CBB”;
– Falta de controle total do basquete no país. Por exemplo, terceiras partes intervieram na seleção e financeiram atividades da equipe nacional;
– Pagamentos pendentes para a FIBA por um período extenso de tempo, apesar de vários pedidos de carência concedidos. “A situação financeira geral da CBB não permite financiar suas operações ou estar em boa posição em seu país”;
– E a falta de um plano de reforma ou reestruturação antes das eleições.
“O comitê executivo expressou sua lamenteção pela situação do basquete no Brasil poucos meses depois dos Jogos Olímpicos e fortemente encoraja a CBB a colaborar de perto com a FIBA e à força-tarefa (aberta em setembro passado para ajudar na reorganização da entidade brasileira) a fim de superar as sérias dificuldades institucional, esportiva e financeira”, continuou a federação internacional.

O basquete brasileiro chegou a ficar pendente de participação nos Jogos do Rio por causa de uma dívida pela vaga da seleção brasileira masculina na última Copa do Mundo, ocorrida em 2014, na Espanha, após receber convite.

A situação da CBB será reavaliada em novo encontro no dia 28 de janeiro de 2017.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 17:30

BRASILEIRAS ATROPELAM A ARGENTINA NO BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS

basqueeSeleção feminina de basquete comemora a vitória saudando a torcida (Foto: André Durão)

O local era a mesma Arena Carioca 1, assim como a adversária Argentina, pelo mesmo torneio de basquete, só que desta vez era em cadeira de rodas. As recordações dos brasileiros não eram boas. Ali mesmo, semanas antes, o sonho da medalha olímpica para a equipe de Rubén Magnano praticamente acabava com a dura derrota para o arquirrival na segunda prorrogação. Mas as meninas do Brasil passearam por 85 a 19 (40 a 8) e vão em busca do pódio inédito nos Jogos Paralímpicos.

Vileide foi o destaque com 31 pontos, sete rebotes e seis roubadas de bola. Jessica contribuiu bem com oito pontos, seis assistências, cinco rebotes e quatro roubadas. Lia, com 12 pontos, e Perla, com 11, também merecem referências.

– Sem dúvida, a união do nosso grupo e desta torcida maravilhosa fez com tivéssemos essa energia dentro de quadra. Sabemos que temos muitas barreiras pela frente, foi só o começo, mas estamos preparados – declarou Vileide, a Vivi.

O Brasil fecha a primeira rodada como o líder do grupo A, com dois pontos, assim como o Canadá. Grã-Bretanha e Argentina têm um. A Alemanha, adversária das brasileiras nesta sexta-feira, às 15h15m, na Arena Olímpica do Rio, ainda não estreou. O jogo promete ser osso duro de roer, já que as europeias são as atuais campeãs olímpicas.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 17:04

MANTENDO A SUPREMACIA ESTADOS UNIDOS É OURO NO BASQUETE MASCULINO

eua 2Pela 15ª vez, jogadores do EUA comemoram o ouro no basquete (Foto: REUTERS/Shannon Stapleton)

Não há melhor resposta do que aquela feita na prática. Se havia alguma dúvida sobre a capacidade dos 12 jogadores escolhidos para representar os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a final do torneio masculino de basquete serviu como um recado para o mundo: “Vocês não são páreo para a gente” poderia ser a resposta de uma seleção que começou cercada de incertezas diante da desistência de nomes de peso da NBA, a liga americana, como LeBron James e Stephen Curry. Mas o celeiro de talentos é interminável em uma modalidade dominada desde os seus primórdios pelos americanos.

Neste domingo, na Arena Carioca 1, em uma reedição da decisão do Mundial de 2014, ignoraram a Sérvia, destruíram um time que complicou sua vida na primeira fase, venceram por 96 a 66 e colocaram a 15ª medalha de ouro em 19 possíveis na história do evento. A Espanha ficou com o bronze.

Fonte: Globoesporte.com

ESPANHA CONQUISTA BRONZE NO BASQUETE MASCULINO

espanhaPau Gasol e os companheiros comemoram o bronze da Espanha (Foto: Shannon Stapleton / Reuters)

Não foi por acaso que a Espanha se tornou uma força no basquete mundial. Depois de dois vice-campeonatos seguidos, a sua seleção masculina de basquete voltou a subir ao pódio olímpico neste domingo, no Rio de Janeiro, ao bater a Austrália por 89 a 88, na Arena Carioca 1, em um jogo com emoção até os segundos finais e mais uma exibição de excelência de seu símbolo: Pau Gasol. Ele terminou com 31 pontos e 11 rebotes, comandando uma campanha de recuperação para escrever mais um capítulo de sua história de glórias na modalidade.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 14:03

BASQUETE MASCULINO VENCE NIGÉRIA E DEPENDE DA VITÓRIA DA ARGENTINA CONTRA A ESPANHA

nene 2Situação do basquete masculino é complicada para classificação

A seleção masculina de basquete encerrou sua participação na primeira fase com uma vitória por 86 a 69 sobre a Nigéria. O resultado, no entanto, ainda não é o suficiente para classificar o time comandado por Rubén Magnano para as quartas de final, já que precisa esperar o final do encontro entre Argentina e Espanha, marcado para as 19h, para saber seu futuro na Rio-2016. O Brasil acumulou apenas duas vitórias em cinco apresentações.

Uma vitória espanhola esta noite põe o Brasil na quinta colocação, logo, eliminado dos Jogos.

Fonte: Uol Esporte Olimpíada – Postado às 16:35

DEFINIDAS AS QUARTAS DE FINAL DO BASQUETE FEMININO, O MASCULINO SERÁ DEFINIDO NESTA SEGUNDA-FEIRA

6 - IMG-20160804-WA0006Neste ultimo domingo no torneio feminino de basquete, foi disputada a última rodada da fase classificatória que mostrou o grande favoritismo da seleção feminina dos Estados Unidos, como esperado vem atropelando todas adversárias e não foi diferente contra a seleção da China, passou com facilidade com um placar elástico, China 62 x 105 Estados Unidos. Tivemos mais dois jogos no complemento da rodada, Senegal 88 x 95 Sérvia e Espanha 73 x 60 Canadá.  Já estão definidos todos os confrontos das quartas de final que tem inicio nesta terça feira dia 16 de agosto.

Confira os confrontos das quartas de Final na próxima terça-feira:

Austrália x Sérvia, às 11 hs

Espanha x Turquia, Às 14:30 hs

Estados Unidos x Japão, 18:45 hs

França x Canadá, às 22:15 hs

Já no torneio masculino, os Estados Unidos tiveram muitos problemas para vencer a seleção da França por 100 x 97, o Dream team vem tendo muitas dificuldades para vencer os seus adversários. Houve mais um jogo pelo grupo A Austrália 81 x 56 Venezuela, e nesta segunda-feira  teremos a definição dos classificados as quartas de final do torneio masculino.

Postado às 08:17

BASQUETE FEMININO PERDE QUARTA SEGUIDA, DECEPCIONA E ESTÁ ELIMINADO

basquete 4Brasil precisava vencer a França para sonhar com chances de classificação (Foto: Marko Djurica/Reuters)

À espera de um milagre, o Brasil entrou em quadra em busca de uma luz no fim do túnel. Embora improvável, ainda havia uma esperança de classificação, no entanto, era preciso derrubar a França, atual vice-campeã olímpica, nesta quinta-feira, na Arena da Juventude, em Deodoro. Apesar do bom começo no jogo de vida ou morte, a seleção brasileira desperdiçou a vantagem de sete pontos no primeiro quarto e sofreu outra virada, desta vez, por 74 a 64, sendo eliminada da Olimpíada. O time comandado por Antonio Carlos Barbosa ainda faz a sua despedida contra a Turquia, neste sábado, as 15h30 (de Brasília), apenas para cumprir tabela pelo grupo A. Respirando por aparelhos na fase preliminar, o Brasil poderia se classificar dependendo de uma combinação de resultados, porém, tinha a obrigação de vencer as duas últimas partidas chave.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 18:16

COM PRIMEIRO TEMPO FRACO BRASIL PERDE DA CROÁCIA NO BASQUETE MASCULINO

basquete 3

Assim como na derrota para a Lituânia, a seleção brasileira lutou, reagiu e teve a chance de se recuperar de um primeiro tempo ruim. A diferença é que dessa vez o insucesso brasileiro teve um responsável direto. Com 33 pontos, cinco rebotes e três assistências, Bojan Bogdanovic comandou a seleção da Croácia, freou a reação da seleção brasileira nos minutos finais com uma bola de três e foi o protagonista da vitória por 80 a 76 (41 a 31), nesta quinta-feira, na Arena Carioca 1, em mais um jogo espetacular pelo grupo B do torneio masculino de basquete.

Com duas derrotas e uma vitória, o Brasil volta a ficar numa situação difícil na competição. A equipe comandada pelo técnico Rubén Magnano volta à quadra no próximo sábado, às 14h15, contra a Argentina, que enfrenta a Lituânia na última partida da rodada desta quinta-feira.

Fonte: Globoespirte.com – Postado às 17:36

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes