CHAPECOENSE

NA SUA RECONSTRUÇÃO CHAPECOENSE É CAMPEÃ CATARINENSE

Chapecoense levanta a taça (Foto: Tarla Wolski/Futura Press)

Reconstrução rima com campeão. Foi sofrido, catimbado, nervoso até o apito final, mas a Chapecoense confirmou neste domingo o título do Campeonato Catarinense. Melhor em todos os quesitos na competição, o Verdão fez valer a vantagem e ficou com o troféu mesmo com a derrota por 1 a 0 para o Avaí, neste domingo, na Arena Condá. Leandro Silva marcou o gol do time de Florianópolis. Foram necessários menos de seis meses para a Chape se reinventar e conquistar o primeiro bicampeonato de sua história. Passado e presente unidos no título campeões do estado.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 20:31

CHAPE, PRIMEIRA CONQUISTA APÓS TRAGÉDIA

Reinaldo comemora gol que abriu caminho para o título do segundo turno

Em um ambiente imediatista como o futebol, pode soar irrisório.

Não é. Somente 137 dias depois do acidente aéreo que matou quase todo o seu elenco e também parte de sua diretoria, a Chapecoense entrou em campo na Arena Condá, venceu o Joinville por 2 a 0 e, com uma campanha fantástica, assegurou o seu primeiro título após a tragédia na Colômbia. O time comandado por Vagner Mancini embalou na temporada e chegou a oito vitórias consecutivas.

Não se trata de qualquer conquista.

Ela é especial para a Chape. Não apenas por todo o seu passado recente, mas também por carregar o nome do maior presidente de sua história, Sandro Pallaoro, que batiza o troféu do segundo turno catarinense. Ele esteve entre as 71 vítimas do voo para a final da Copa Sul-Americana.

Para a maioria dos torcedores do clube, assegurá-la em sua sala de taças era mais do que obrigação e, não seria exagero dizer, mais importante, inclusive, que o título estadual.

Principal jogador da equipe em 2017, o lateral esquerdo Reinaldo foi premiado com o gol que abriu o caminho para o título e que, conforme se desenhava pelas ruas de Chapecó ao longo da semana, com uma rodada de antecedência.

Com 22 pontos no segundo turno, seis a mais que o Joinville, segundo colocado, a Chape enfrentará o Avaí na decisão do Catarinense.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 22:07

QATAR AIRWAYS PODE PATROCINAR A CHAPECOENSE

carlos 2O menino Carlos Miguel Garci, mascote mirim da Chape, antes da partida contra o Joinville

A Chapecoense avançou nas conversas para ter a Qatar Airways como a sua patrocinadora máster em 2017.

Antes discutido em sigilo, o possível acerto com a companhia aérea é agora tratado com otimismo pela diretoria do clube, que patricamente descarta a renovação do contrato em vigência com a Caixa Econômica Federal. A princípio, os detalhes ainda não estão definidos, mas a expectativa interna é de que a Chape fature até R$ 60 milhões em um contrato de cinco anos com a empresa catari.

O presidente Plinio David De Nes Filho, o Maninho, esteve recentemente no Catar, mas desconversa sobre o assunto e alega que a viagem foi apenas uma cortesia.

O sheik Tamim bin Hamad bin Khalifa Al Thani, um dos homens mais ricos e importantes do mundo, foi até Chapecó em dezembro.

Na ocasião, perguntado sobre um eventual apoio pelo ESPN.com.br, revelou somente que convidou o time sub-17 dos catarinenses para disputar um torneio em seu país.

Com calendário cheio, a Chapecoense queria uma valorização maior da Caixa, que pagou R$ 4 milhões anuais no ano passado. O banco estatal sinalizou com um aumento para R$ 6 milhões, distante da ambição da cúpula do clube.

A Qatar Airways é hoje patrocinadora também do Barcelona.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 17:36

BRASIL VENCE JOGO DA AMIZADE CONTRA A COLÔMBIA

brasilDudu foi o autor do gol da seleção Brasileira

Teve homenagem para a Chapecoense e para os sobreviventes da tragédia do ano passado. Teve vários jogadores que atuam no Brasil com chances para mostrar serviço ao técnico Tite. E teve também o que menos importava: vitória e a volta garantida à ponta do ranking da Fifa.

Nesta quarta-feira, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, a seleção brasileira venceu a Colômbia no Jogo da Amizade por 1 a 0 na abertura de sua temporada

O único gol da partida aconteceu no começo do segundo tempo e foi de Dudu, do Palmeiras.

Na estreia do time em 2017, Tite só pôde convocar atletas que atuam no Brasil. No total, foram 23 atletas chamados. A comissão analisou 48 nomes e também se baseou na condição física dos jogadores.

Com finalidade de arrecadar renda para as famílias das vítimas da tragédia do dia 29 de novembro, o pré-jogo do amistoso também abrigou homenagens.

Sobreviventes, Alan Ruschel, Follmann, Neto e o jornalista Rafael Henzel foram recebidos no gramado. O hino da Chapecoense foi tocado e acompanhado por palmas do público. O quarteto ainda cantou o hino nacional antes do jogo ao lado dos titulares escalados por Tite.

No total, 18.695 pessoas estavam no estádio. A renda foi de 1,2 milhão de reais.

O triunfo fez com que a seleção somasse mais 582 pontos no ranking da Fifa. É o suficiente para ultrapassar a Argentina, que aparecia com 90 pontos de vantagem. É a primeira vez que o Brasil vai liderar a lista desde 2010.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 23:26

SPORT PODE JOGAR ATÉ 92 PARTIDAS EM 2017

chapecoenseVagner Mancini na Chapecoense em 2017: maratona à vista

A Chapecoense terá de superar outras adversidades além de montar uma equipe completamente nova. O time de Santa Catarina enfrentará em 2017 uma longa maratona de jogos, em nove competições diferentes.

A equipe poderá entrar em campo até 94 vezes ao longo da temporada – no mínimo, fará 73 jogos. Somente o Sport chegará perto da marca dos catarinenses caso chegue às finais dos cinco torneios que disputará: o time rubro-negro pode jogar até 92 partidas (ou 58, na pior das hipóteses).

Ambos disputarão estadual, brasileiro, regional (Primeira Liga e Copa do Nordeste) e Copa do Brasil. Os pernambucanos ainda buscarão o título da Copa Sul-Americana. A Chape também jogará por Libertadores, Recopa, Copa Suruga, Copa Euroamericana e Troféu Joan Gamper – os catarinenses, além disso, farão um amistoso com o Palmeiras no próximo dia 21, na Arena Conda, no pontapé inicial da temporada.
Fonte: Uol Esportes Futebol – Postado às 13:23

A EMOCIONANTE ENTREVISTA DE ALAN RUSCHEL DA CHAPECOENSE

ruchelAlan Ruschel se emocionou bastante durante entrevista coletiva nesta manhã

Primeiro sobrevivente brasileiro do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense a ter alta, o lateral Alan Ruschel concedeu uma entrevista neste sábado em Chapecó e disse que estar andando é um milagre. Emocionado antes mesmo de começar a fala, o jogador, um dos seis sobreviventes da tragédia do dia 29 de novembro, conseguiu manter a calma e responder à maioria das perguntas sem pausas. Ele também expressou muita gratidão com o tratamento que recebeu na Colômbia e no Brasil desde que acordou na clínica em Medellín.

“Um momento que caiu aquele avião Deus me pegou no colo e falou que eu tinha mais missão aqui na terra, por isso ele não me levou. A única explicação, são dois milagres: eu estar vivo e o milagre de eu poder estar andando. Os médicos falaram que foi uma lesão grave que eu tive na coluna. Poder estar andando, é milagre de Deus”, afirmou o jogador.

Logo em sua primeira resposta, e emoção por tudo que viveu veio à tona. “Acho que não tem palavras para explicar o que eu estou sentindo. É uma mistura de sentimentos. Uma alegria por poder estar aqui de novo, sentado aqui. Mas ao mesmo tempo um luto por ter perdido vários”, disse, antes de cair no choro.

Ao longo da entrevista, Alan Ruschel voltou a se emocionar, chorou em alguns momentos, mas também mostrou bom humor e fez planos para o futuro. Ele inclusive disse que em seis meses espera voltar ao futebol.

“Eu fiz os meus cálculos (sorri). Calculei três meses para calcificar, já se passou um quase, mais uns dois meses e meio para fortalecer bem a coluna e mais uns três meses para recuperar massa, que eu estou só na capa do grilo agora (risada), e depois voltar a jogar”, disse. Segue abaixo trechos da entrevista:
Em honra dos amigos

(Me emocionei) Por ter perdido muitos amigos. Mas como eu postei uma foto esses dias, falando que seguir em frente honrando os que foram morar com Deus. Honrarei seus familiares que ficaram, que hoje estão sentindo a dor, farei de tudo para voltar a jogar, com muita paciência, mas farei de tudo para dar muita alegria para todo mundo que torce para a Chapecoense.

Lições do acidente
Temos que aprender a viver a vida. Nunca tinha planejado coisas para férias, final de ano. Estava indo para um jogo e simplesmente você não sabe se vai voltar, não sabe o que vai acontecer daqui dez minutos. O que eu levo de lição é aproveitar a vida e fazer o bem. O que fizeram comigo durante esses dias não tem explicação. O jeito que me trataram na Colômbia, aqui no Brasil, o que os médicos fizeram por mim não tem explicação.

Lembranças do acidente
Não. Eu lembro de sair de São Paulo, depois a gente chegando e Santa Cruz de la Sierra, depois saindo de lá. Não lembro do voo, do acidente. O que eu lembro depois é da minha esposa Marina falando no hospital.

Momentos de apreensão
Não sabia o que estava acontecendo e aos poucos foram me contando, e aos poucos a ficha foi caindo. Quando eu a vi eu não sabia o que estava acontecendo, não lembrava do jogo, não lembrava de nada. É uma coisa muito louca, não sei explicar o que aconteceu.

Mudança de assentos no avião
Teve (troca de lugares), quando a gente chegou em Santa Cruz de la Sierra a gente ia pegar o voo fretado e o Cadu pediu para eu sentar um pouco mais para frente para deixar os jornalistas sentarem no fundo. Na hora eu não quis sair dali… (pausa para um novo momento de emoção), aí eu vi o Follmann e por olhar para ele, ele insistiu para eu sentar com ele, aí eu saí de lá de trás e fui sentar com o Follmann. É uma parte que eu lembro.

Voltar para casa
É uma situação que todos vocês devem imaginar como é chegar em casa depois de dias de trabalho, viagem. Vocês sabem como é chegar em casa, ver sua família. Depois de toda essa situação, chegar em casa, dormir com minha esposa, ver meu cachorro, minha mãe, ter todo mundo em casa, para mim é uma sensação única, não tem explicação. Não tem palavras para descrever o momento que foi quando eu cheguei em casa.

Retorno à Chapecoense
Quando eu entrei aqui aqui, como eu falei para o Plínio (presidente, da Chapecoense), sensação de estar voltando para casa também. Falei para ele que vou dar muita alegria para ele, para todo torcedor da Chapecoense, com muita dedicação, esforço, trabalho, com certeza vou dar a volta por cima e voltar a jogar.

Fonte: Uol Esporte Futebol – Postado às 12:13

SHEIK DO CATAR DISPOSTO A AJUDAR A CHAPECOENSE

chapecoVisita do Sheik a Chapecó deve acontecer em breve

No dia seguinte ao acidente da Chapecoense, uma pessoa se dizendo representante de um sheik árabe ligou para o clube se dispondo a ajudar. Educadamente, a primeira reação foi anotar o telefone de contato da pessoa e dizer que estavam de portas abertas. Um novo contato foi feito dias depois, dizendo que o sheik visitaria o clube nos próximos dias. A visitação nunca aconteceu e o assunto passou a ser lembrado em momentos de rara descontração nos bastidores do clube.

O que era tratado com status de “pegadinha” no clube, surpreendentemente tornou-se realidade nesta semana quando chegou uma comunicação formal da CBF avisando: o sheik do Catar está a caminho do Brasil. Chegará no sábado à Arena Condá. Quer trazer apoio ao clube vitimado pelo acidente que matou 71 pessoas na Colômbia.

A CBF está organizando a chegada da autoridade árabe ao Brasil. Ele entrou em contato com a entidade há alguns dias, dizendo que estava muito sensibilizado com a tragédia do clube e se oferecendo para ajudar no que fosse preciso.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 13:06

CHAPECOENSE É DECLARADA CAMPEÃ DA COPA SUL-AMERICANA 2016

campeaoA Chapecoense é a campeã da Copa Sul-Americana de 2016

Foram dias de tristeza, luto e solidariedade. Agora, quase uma semana depois da tragédia envolvendo o avião da Chapecoense, a Conmebol confirmou que aceitou o pedido do Atlético Nacional-COL e declarou a equipe catarinense como a campeã da Copa Sul-Americana de 2016.

A definição aconteceu nesta segunda-feira, após reunião do Conselho da Confederação Sul-Americana de Futebol – representada por membros dos dez países da América do Sul.

O título garante a Chape na fase de grupos da Copa Libertadores de 2017. Além disso, o time tem encontro confirmado com o próprio Nacional de Medellín, pela Recopa Sul-Americana da próxima temporada.

A decisão da Conmebol ainda rende prêmio financeiro para a Chapecoense. Como campeã da Sul-Americana, receberá US$ 2 milhões (R$ 6,92 mi). Mais que isso, a simples participação na Recopa garante mais US$ 1 milhão (R$ 3,46 mi), e o mando de campo em três jogos da fase de grupos da Libertadores ainda renderá US$ 1,8 milhão (R$ 6,23 mi) – são US$ 600 mil por partida (R$ 2,07 milhões).

Pela escolha de pedir a entrega da taça para a Chape, o Atlético Nacional recebeu o prêmio de Fair Play da entidade, o “Centenario Conmebol al Fair Play”, e ganhará bonificação de US$ 1 milhão.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 14:26

PRECISANDO DE AJUDA: CHAPECOENSE É O CLUBE BRASILEIRO QUE MAIS DEVE JOGAR EM 2017

chape-2Torcedor da Chapecoense se despede de seus heróis na Arena Condá

A Chapecoense está de luto e finalizará a atual temporada assim em memória às vítimas do acidente aéreo ocorrido na madrugada da última terça-feira, na Colômbia, das quais faziam parte 19 jogadores, 17 membros da comissão técnica e oito dirigentes. A equipe já recebeu diversas ofertas de ajuda e realmente precisará para prosseguir. O calendário da próxima temporada será mais duro para ela do que para qualquer outro clube brasileiro.

Com vaga garantida em sete competições oficiais, a Chapecoense fará no mínimo 72 jogos. O Palmeiras, atual campeão brasileiro e que fez 66 partidas até aqui em 2016, terá no mínimo 58 compromissos no próximo ano (são quatro competições oficiais).

A Chapecoense terá 38 jogos pelo Campeonato Brasileiro, 18 pelo Estadual, seis pela fase de grupos da Copa Libertadores, cinco pela fase de grupos da Primeira Liga, dois pelas oitavas da Copa do Brasil, dois pela Recopa Sul-Americana e um pela Copa Suruga.

Se avançar até as finais da Libertadores, da Primeira Liga, do Estadual e da Copa do Brasil a quantidade total será 93 jogos. Isso porque teria o Mundial pela frente (dois compromissos).

Também faria 93 jogos se disputar a Sul-Americana de 2017 e chegar à final — isso ocorrerá se terminar fase de grupos da Libertadores em terceiro.

O número é bastante exagerado se considerar que o Palmeiras, mesmo que jogue o máximo de partidas possíveis, terminaria 2017 com 80 jogos.

Homenagens podem dificultar o calendário

Há ainda possibilidade de ter um número maior de compromissos para a Chapecoense por conta das homenagens que o clube deve receber na próxima temporada.

Na Espanha, o Cádiz comunicou que pretende convidar a equipe para jogar o tradicional Troféu Ramón de Carranza, em agosto. Trata-se de triangular com dois jogos com duração de 45 minutos cada um na abertura de cada temporada.

Luis Enrique, técnico do Barcelona, disse que gostaria de ser o anfitrião da Chapecoense no também tradicional troféu Juan Gamper, que marca a abertura de cada temporada, contra a Chapecoense. Na Itália, os jornais falam de um possível amistoso com o Torino, que em 1949 perdeu todo o time em um acidente aéreo. O clube ainda não oficializou nada.

O primeiro jogo da Chapecoense na próxima temporada está agendado para o dia 22 de janeiro na estreia da primeira liga, mas sem local de jogo e adversário definido. Depois jogará no dia 29 pelo Campeonato Catarinense contra o Inter de Lages, em casa.

Calendário da Chapecoense em 2017

Quantidade mínima de jogos: 72
38 – Campeonato Brasileiro
18 – Campeonato Catarinense
6 – Copa Libertadores
5 – Primeira Liga
2 – Copa do Brasil
2 – Recopa Sul-Americana
1 – Copa Suruga

Se chegar a todas as finais: 93
38 – Campeonato Brasileiro
20 – Campeonato Catarinense
14 – Copa Libertadores
8 – Primeira Liga
8 – Copa do Brasil
2 – Mundial de Clubes*
2 – Recopa Sul-Americana
1 – Copa Suruga

Se chegar a todas as finais, cair na Libertadores e jogar a Sul-Americana: 93
38 – Campeonato Brasileiro
20 – Campeonato Catarinense
10 – Copa Sul-Americana**
6 – Copa Libertadores
8 – Primeira Liga
8 – Copa do Brasil
2 – Recopa Sul-Americana
1 – Copa Suruga

*Se vencer a Copa Libertadores
**Se cair na fase de grupos da Libertadores, mas na 3ª colocação

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 07:55

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes