COPA LIBERTADORES

CLUBES MEXICANOS ANUNCIAM SAÍDA DA COPA LIBERTADORES A PARTIR DE 2017

mexicoTimes como o Chivas Guadalajara, finalista em 2010, não disputarão mais a LIbertadores

Os clubes mexicanos estão fora da disputa da Copa Libertadores da América a partir do ano que vem. A informação foi dada pelo jornalista Jorge Ramos, da ESPN do México.

Com a mudança no calendário que foi imposta pela Conmebol para 2017, com as competições continentais sendo disputadas ao longo do ano, a federação mexicana decidiu se retirar por incompatibilidade de agenda.

Atualmente, o país tinha três representantes: o campeão da Supercopa Mexicana e os dois melhores classificados no torneio Apertura que não se classificaram para a Champions League da Concacaf.

Essa saída pode alterar a configuração da Copa Libertadores, pois seriam 44 participantes com a seguinte distribuição: Brasil (sete), Argentina (seis), Colômbia (cinco), Chile (quatro) Equador (três), Paraguai (três), México (três), Bolívia (três), Peru (três), Uruguai (três) e Venezuela (três), além do campeão da Copa Sul-Americana.

O país disputa o torneio desde 1998, mas nunca foi campeão. O Cruz Azul foi o primeiro time mexicano a chegar a uma decisão do torneio, mas acabou derrotado pelo Boca Juniors, em 2001. O Chivas Guadalajara também foi finalista, mas perdeu para o Internacional, em 2010. Ano passado, o Tigres foi superado na decisão pelo River Plate.

A Conmebol ainda não se pronunciou a respeito do que fará com as vagas destinadas aos clubes mexicanos tanto na Copa Libertadores ou na Copa Sul-Americana.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 06:39

CONMEBOL CONFIRMA CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO PARA LIBERTADORES E COPA SUL-AMERICANA EM 2017

ateltico-nacionalAtlético Nacional é o atual campeão da Libertadores: mudanças para 2017

A Conmebol confirmou, na manhã desta sexta-feira, os critérios de classificação para a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana do próximo ano. O Brasil será o país com mais vagas na principal competição, sete, seguido pela Argentina, seis.

A grande mudança com o aumento do número de clubes (de 38 para 44) é que apenas quatro brasileiros estarão garantidos na fase de grupos: o ganhador, o vice e o terceiro colocado do Brasileirão além do campeão da Copa do Brasil.

Quarto, quinto e sexto colocados do campeonato nacional vão para a fase prévia.

Além disso, os seis clubes seguintes na classificação final do Brasileiro, do sétimo ao 12º, vão disputar a Sul-Americana de 2017.

Caso um clube se classifique por dois critérios, o primeiro deles será o válido – exemplo: se um time for campeão da Copa do Brasil ou da Sul-Americana e também um dos classificados via Brasileirão, vale a vaga pelo torneio continental, e uma outra se abre no campeonato nacional.

“Dentro do plano de implementação, 2017 será um ano de ajuste no qual se aplicarão os seguintes critérios de classificação transitório que equilibram (i) a necessidade de migrar para o novo formato a partir de 2017 e (ii) os calendários e formatos de competição que atualmente estão em curso de cada país”, explicou a Conmebol.

“Dois elementos essenciais da estratégia são a harmonização dos calendários continentais e nacionais, e a fixação de critérios de classificação continentais, por mérito esportivo, de acordo à respectiva identidade de cada um dos torneios de clubes da Conmebol”, disse o presidente Alejandro Domínguez.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 16:25

FINAL DA LIBERTADORES PODERÁ ACONTECER EM MIAMI

finalFinal da Libertadores em partida única pode ser disputada em 2017 (Foto: Divulgação)

A Copa Libertadores dos próximos anos vai sofrer muitas transformações. Segundo o jornal Estado de S. Paulo, a Conmebol deseja que a final da competição seja disputada em Miami, nos Estados Unidos. A entidade quer se adaptar ao modelo da Liga dos Campeões da Europa e busca uma solução econômica em que a decisão em jogo único tenha um resultado financeiro mais vantajoso do que uma final disputada em duas partidas.

Nos bastidores, os dirigentes seguem articulando um plano e pensam até na Cidade do México ou no Maracanã como possíveis sedes, mas a capital da Flórida é o grande objetivo já que possibilitaria uma expansão dos direitos comerciais do evento, atrair o público e obter atenção da imprensa internacional.

Um dos personagens que teve papel fundamental nas mudanças do formato da Copa Libertadores é o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Ainda segundo o jornal, Infantino tem dedicado grande atenção aos dirigentes sul-americanos, com o objetivo de transformar a Conmebol em sua aliada e aumentar a importância da entidade frente aos europeus.

fonte: Esporte Interativo – Postado às 22:27

FINAL DA LIBERTADORES EM 2017 CONTINUA EM DOIS JOGOS

A Taça Libertadores teve seu calendário alterado, mas o modelo de disputa da final não sofrerá modificações na próxima edição. A Conmebol anunciou nesta terça-feira que o título do torneio em 2017 será decidido em dois jogos, de ida e volta, como de costume. A decisão foi tomada após reunião em Bogotá e confirmada através de nota oficial. A possibilidade de uma final em jogo único no futuro, porém, segue em aberto.

– A ideia de uma final única é organizar uma grande festa para celebrar o futebol e fazer dele um elemento integrador na América do Sul. Do ponto de vista esportivo, uma sede pré-definida tem o atrativo de oferecer um campo de jogo neutro para os finalistas, conservando um elemento de surpresa, pois sempre existe a possibilidade de que um time local chegue à final – disse Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, no comunicado.

A possibilidade de uma final em jogo único, em campo neutro, foi levantada por Alejandro Domínguez – em um modelo inspirado na Liga dos Campeões, que busca sedes em países diferentes a cada ano. Esta chance, porém, encontrou resistência por diversos fatores, como a distância entre alguns países. Entretanto, Domínguez deixou claro que fará um grande esforço para viabilizar o modelo de jogo único.

– Claro que isto requer um plano de primeiro nível para garantir a excelência em termos de logística, infraestrutura, segurança, mobilidade e organização de eventos. Também escutamos as preocupações dos torcedores, e a Conmebol deve trabalhar para que haja alternativas de viagem e alojamento que permitam toda a paixão de uma final da Taça Libertadores chegue a qualquer cidade – completou Domínguez.

Na mesma nota, a Conmebol reiterou o modelo de disputa do torneio no ano que vem. A primeira fase classificatória terá 16 clubes, que se enfrentarão em modelo mata-mata, com jogos de ida e volta. Os oito classificados nos primeiros duelos se enfrentarão no mesmo modelo, restando quatro times que vão à fase de grupos. O resto da competição não teve alterações em sua forma de disputa.

Fonte: Globoesporte.com -Postado às 12:42

FINAL DA COPA LIBERTADORES EM JOGO ÚNICO AINDA NÃO FOI DEFINIDA

presidentePresidente da Fifa, Gianni Infantino, esteve na reunião em Bogotá que definiu novas vagas (Foto: Fabricio Crepaldi/Sportv)

Os brasileiros não foram os únicos beneficiados com a mudança. Chile, Colômbia e Argentina também ganharam vagas na Libertadores (diferentemente do Brasil, esses três países só ganharam uma vaga cada), e o campeão da Sul-Americana entrará direto na fase de grupos. Ou seja, serão mais seis equipes classificadas, totalizando 44.

A próxima edição do torneio vai começar já em fevereiro e só termina em novembro – vai passar das atuais 27 semanas para 42 semanas de duração. Outra possível mudança, que levantava a possibilidade de a final passar a ser disputada em jogo único, não foi confirmada.

– Está se estudando, existe a possibilidade de final única, mas ainda estamos estudando. A Conmebol quer fazer uma final com a maior visibilidade possível e que traga os maiores recursos aos clubes – disse ao Sportv Reinaldo Carneiro Bastos, representante do Brasil no Comitê Executivo da Conmebol.

O novo formato da Libertadores, entretanto, pode inviabilizar a participação dos times mexicanos na competição. Isso por conta das diferenças com o calendário do futebol local.

– Não está definido ainda, é um assunto que não interfere no formado da competição. O presidente da Conmebol está tratando pessoalmente deste assunto – disse Carneiro Bastos ao Sportv.

A Copa Sul-Americana também terá mudanças, sendo disputada entre junho e dezembro, e receberá equipes eliminadas na Libertadores.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 08:44

BRASIL TERÁ SETE VAGAS NA COPA LIBERTADORES 2017

libertadores-2CBF confirmou novas vagas do Brasil na Libertadores

A CBF confirmou na noite deste domingo que o Brasil vai ter sete vagas na próxima edição da Copa Libertadores, sendo seis via Campeonato Brasileiro e uma pela Copa do Brasil.

Dessa forma, a Série A passa a premiar o G-6, e não o G-4, como era até a mudança. Atualmente, os seis primeiros colocados do Brasileirão são Palmeiras, Flamengo, Atlético-MG, Santos, Fluminense e Atlético-PR.

Caso um dos times termine o campeonato entre os seis primeiros e vença a Copa do Brasil, o Brasileirão pode ter até um ‘G-7’.

“Futebol Brasileiro fica com 7 vagas na Libertadores: 6 no Brasileirão e 1 na Copa do Brasil. Vagas já valem para Libertadores 2017. Brasileirão com G-6”, afirmou a CBF em anúncio no Twitter.

A confirmação da mudança veio depois de uma reunião da Conmebol, sediada em Bogotá, neste domingo. O aumento nas vagas para brasileiros no torneio sul-americano se deve ao aumento de clubes para a edição de 2017 da competição.

Fonte: ESPN.com.br -Postado às 08:29

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes