GIANNI INFANTINO

COPA DO MUNDO COM 48 SELEÇÕES A PARTIR DE 2026

copa-do-mundoGianni Infantino consegue cumprir a promessa de campanha (Foto: REUTERS/Arnd Wiegmann)

A Copa do Mundo terá 48 participantes a partir de 2026. O formato do torneio e as eventuais mudanças nas Eliminatórias (número de vagas por continente, por exemplo) serão decididas em breve, possivelmente em março.

A decisão será ratificada nesta terça-feira pelo Conselho Fifa, que se reúne em Zurique, um dia após a entrega do Prêmio Fifa The Best. A outra proposta, de subir o número de seleções na Copa para 40, foi descartada.

América do Sul deve ter seis vagas diretas na Copa, com mais uma na repescagem. Essa divisão para cada continente ainda pode sofrer alterações, mas houve um acordo prévio entre as seis confederações nos seguintes termos:

Uefa: 16 vagas
África: 9,5 vagas
Ásia: 8,5 vagas
Conmebol: 6,5 vagas
Concacaf: 6,5 vagas
Oceania: 1 vaga

Aumentar o número de participantes do Mundial foi uma das promessas de campanha de Gianni Infantino. O ex-secretário-geral da Uefa foi eleito em fevereiro de 2016 para chefiar a entidade que manda no futebol mundial. Em entrevista ao Globoesporte.com publicada em 28 de janeiro de 2016, Infantino disse:

– Para 2026 eu acho que seria positivo aumentar o número de times. Digo isso porque o futebol só melhora em todo mundo. E não é populismo. O papel da Fifa é desenvolver o futebol no mundo, fazer as pessoas participarem.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 16:42

NOVO FORMATO PARA A COPA DO MUNDO ESTÁ SENDO DISCUTIDA

O sistema de ranking de seleções da Fifa provavelmente vai mudar. A informação é de uma pessoa do alto escalão da Fifa que ouviu a frase da diretoria de competições da entidade. A questão ainda está em fase embrionária e os novos parâmetros ainda não foram definidos, mas estão em discussão entre as dezenas de outras medidas que a Fifa vem anunciando para tentar recuperar a imagem estilhaçada pelos escândalos que colocaram um fim à era Blatter.

A possível mudança no ranking tem desdobramentos em diversas áreas relevantes, desde a montagem de grupos nas Eliminatórias até a escolha de cabeças de chave da Copa do Mundo. E uma alteração pode ter ainda mais impacto se o Conselho da Fifa de fato escolher um modelo com 48 seleções para a competição a partir de 2026 – decisão que será tomada na próxima reunião do órgão, em janeiro. Nesse formato, o mais provável é que 16 equipes estejam pré-classificadas, com base justamente no ranking, enquanto as demais 32 disputariam as vagas restantes.

Nesta quinta-feira, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, chegou a afirmar que o formato com 48 equipes poderá melhorar o nível da competição. Em sua campanha para a presidência, ele defendeu o aumento de participantes para 40, outra possibilidade bastante possível, já que há membros de peso no Conselho que não gostam da ideia do torneio com 48.

No sistema de ranking atual, a fórmula é: P (total de pontos) = M (partida) x I (importância da partida) x T (força do adversário) x C (força da confederação a que pertence o adversário). Na última atualização do ranking, no dia 15 de setembro, a Argentina ficou em primeiro, com Bélgica em segundo, Alemanha em terceiro, e Brasil e Colômbia empatados na quarta colocação. A próxima atualização será no dia 20 de outubro.

Fonte: Bastidores F.C – Postado Às 22:29

ASSOCIAÇÃO EUROPEIA DE CLUBES NEGOCIA COM A FIFA NOVO MUNDIAL DE CLUBES COM 24 TIMES

mundial-de-clubesSe vingar, novo formato deverá agradar e muito os clubes brasileiros

Torneio mais almejado pelos times brasileiros, o Mundial de Clubes da Fifa poderá ganhar um novo formato a partir de 2018. Segundo o jornal Mundo Deportivo, da Espanha, a ECA (Associação Europeia de Clubes) negocia com a Fifa uma ampliação da competição, apelidada de “Super Mundial de Clubes”, que teria de 16 a 24 equipes e seria disputada a cada dois anos e não mais anualmente. A ideia é tornar o “Mundialito” mais rentável, em nível comparado com a NBA ou o Campeonato Inglês. Na proposta, a Copa das Confederações – torneio entre seleções que acontece sempre um ano antes da Copa do Mundo – deixaria de existir, sendo a da Rússia, em 2017, a última edição.

A reportagem espanhola afirma que o projeto será apresentado já em outubro deste ano, na próxima reunião do Conselho Executivo da Fifa, em Zurique, na Suíça. No formado do “Super Mundial”, com 24 equipes, seriam oito equipes europeias – incluindo os dois últimos campeões da Liga dos Campeões -, oito times da América do Sul – com os dois campeões da Libertadores – e outras quatro equipes e cada Confederação (Ásia, África, América do Norte/Central e Oceania). Ainda haveria espaço para mais quatro convites para totalizar o número total de times, que seriam divididos em oito grupos. Em um caso mais enxuto, com 16 times, seriam quatro grupos de quarto times.

Outra novidade planejada pela ECA é em relação à data do torneio. Atualmente, ele é disputado em dezembro, despertando uma menor atenção dos europeus, que estão no meio da temporada. Assim, a ideia é colocá-lo no verão do hemisfério norte, assim como acontece na Copa das Confederações e na Copa do Mundo, logo após o término da temporada de clubes.

O projeto já estaria em mãos de Zvonomir Boban, ex-jogador do Milan, e de Marcos van Basten, que dirigem o grupo de desenvolvimento da Fifa. O novo presidente da entidade, Gianni Infantino, tem mostrado interesse em modernizar alguns torneios controlados por eles, inclusive a Copa do Mundo. Na reunião de outubro, começará o debate para ampliar a Copa do Mundo para 40 seleções a partir de 2026.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 10:52

COPA DO MUNDO DE 2026 PODE TER 40 SELEÇÕES

copaNovo presidente da Fifa, Gianni Infantino, quer ampliar a Copa do Mundo

A ampliação do número de seleções participantes da Copa do Mundo para 40 pode acontecer na edição de 2026, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Ele também destacou que a América do Sul contará com cinco vagas diretas quando a alteração ocorrer.

Infantino falou sobre o tema durante entrevista coletiva em Montevidéu, na qual defendeu a iniciativa de ampliar a quantidade de seleções na Copa do Mundo. Atualmente, o torneio conta com 32 equipes.

“Temos que ampliar. A ideia seria a partir de 2026, vamos falar com todos: com os jogadores, com o conselho (da Fifa)”, disse Infantino, que considerou que a seleção campeã não tem por que se classificar automaticamente.

 “Não só dá a possibilidade de mais equipes participarem, mas dá a muitas equipes a possibilidade de sonhar com a participação”.

Infantino disse que, caso a proposta avance, a Conmebol teria cinco cotas de classificação direta, mais uma na repescagem. Atualmente, a América do Sul possui quatro vagas garantidas e uma na repescagem.

“Minha proposta para a América do Sul é de cinco (vagas) asseguradas e talvez mais uma disputada em campo”, disse em referência a outra vaga para a região. Ele não deu detalhes de como seriam definidas as oito vagas adicionais.

Fonte: Uol Esporte Futebol – Postado às 13:27

APÓS 18 ANOS, FIFA TEM NOVO PRESIDENTE

fifa 2Gianni Infantino discursa antes da eleição presidencial no Congresso da Fifa

Depois de 18 anos, a Fifa tem um novo presidente. Nesta sexta-feira, o Congresso Extraordinário da entidade, em Zurique, na Suíça, elegeu o europeu Gianni Infantino, 45 anos, para o posto que foi de Joseph Blatter desde 1998, em mandato válido pelos próximos três anos, até 2019.

Infantino, secretário-geral da Uefa desde 2009, superou o até então favorito xeique Salman Bin Ebrahim Al-Khalifa, em votação no segundo turno. No pleito decisivo, o suíço-italiano contou com 115 votos dos 207 possíveis, enquanto o bareinita teve 88 – na primeira rodada, ele venceu por 88 a 85.

“A Fifa passou por tempos tristes, tempos de crise. Esse tempo acabou. Vamos recuperar a imagem da Fifa, e todo mundo vai nos aplaudir pelo que faremos pela Fifa no futuro”, disse Infantino logo após ser eleito. “Quero ser o presidente de todos vocês, de todas as 209 federações”, acrescentou.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 16:53

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes