JOGOS OLÍMPICOS

POR QUE O FUTSAL NÃO É UM ESPORTE OLÍMPICO

futsalFalcão um dos maiores jogadores da história do futsal

O programa olímpico dos Jogos do Rio de Janeiro em 2016 contou com 42 modalidades distribuídas em 28 federações internacionais. A presença de mais de uma modalidade sob a tutela de uma mesma Confederação não é nenhum problema para o Comitê Olímpico Internacional. O ciclismo e os esportes aquáticos, por exemplo, possuem quatro modalidades diferentes de disputa.

A antiga rigidez do COI quanto ao número de esportes parece ficar cada vez mais flexível. Nos Jogos de 2020, em Tóquio, mais cinco esportes entrarão em disputa: softbol, beisebol, surfe, skate e escalada. Por que, então, que o futsal, esporte popular em boa parte do mundo, não entra no programa olímpico? Os dois argumentos mais fortes sempre foram justamente a existência de um esporte sob chancela da FIFA nos Jogos (o futebol) e a falta de espaço para novos esportes nos Jogos. Hoje, nenhum dos dois faz sentido e o questionamento aumenta.

No entanto, é justamente o fato de ser um esporte da FIFA que impede a entrada do futsal nos Jogos Olímpicos. A entidade suíça é a única a ter um evento capaz de rivalizar em importância com as Olimpíadas, a Copa do Mundo, e, por isso, não dá ao futebol olímpico uma grande importância. Assim, a disputa masculina ocorre apenas com atletas abaixo dos 23 anos e cada Seleção pode inscrever apenas três jogadores acima dessa idade.

Consequentemente, a condição imposta pelo Comitê Olímpico Internacional para que o futsal seja incluído no programa olímpico é a mudança na regra do futebol: se a FIFA acabar com o limite de idade do futebol de campo, o COI aceita a inclusão do futsal. Essa foi a justificativa apresentada pelo então presidente da Confederação Brasileira de Futebol de Salão e membro da comissão especial da FIFA dedicada ao futsal, Álvaro Melo Filho, em 2007.

O COI ainda coloca alguns outros empecilhos à entrada do futsal nas Olimpíadas: uma das interpretações é a de que o esporte é um gênero do futebol. Por isso, precisaria ter as mesmas regras, o que também exigiria um limite de 23 anos aos inscritos. Por fim, o fato da Copa do Mundo de Futsal também ser disputada em anos Olímpicos (a edição de 2016 será disputada na Colômbia entre 10 de setembro e 1º de outubro) é outro fator que desagrada o Comitê. A FIFA, por seu lado, não aceita mudar a data daquele que é o maior evento de seleções da entidade em anos olímpicos. Nesse ponto, Neto endossa o discurso do COI: “Se houvesse a inclusão do futsal, o Mundial teria que ser trocado de ano. Isso é fato: não se pode jogar 2 competições de tamanha representatividade no mesmo ano e em períodos tão curtos”, afirma.

Fonte: Blog do Curioso – Postado às 11:12

VEJA COMO AQUIRIR INGRESSOS PARAS OS JOGOS OLÍMPICOS DO RIO DE JANEIRO

BoltBolt conquista ouro em Londres: ingresso para tentativa do tri olímpico vai custar até R$ 1.200

Os preços dos ingressos para os Jogos Olímpicos foram anunciados nesta terça-feira. Das 7,5 milhões de entradas, 3,8 milhões custarão até R$ 70. As mais baratas, R$ 40. O valor mais caro será cobrado na Cerimônia de Abertura, no dia 5 de agosto de 2016, no Maracanã: R$ 4.600. A partir de novembro será aberto o cadastramento no site de vendas. Entre março e maio de 2015 os pedidos dos eventos serão feitos. Em junho e julho serão sorteados e a partir de setembro, os ingressos que sobrarem serão colocados à venda. As entradas serão entregues a partir de maio de 2016.

Confira a tabela de preços dos Jogos Olímpicos de 2016

Dentre os ingressos que custarão R$ 40, em quatro oportunidades será possível assistir a campeões olímpicos: ciclismo mountain bike, em Deodoro, maratona aquática, na praia de Copacabana, e as chegadas da maratona, no Maracanã, e da marcha atlética, em Copacabana. As outras provas com o mesmo valor são para preliminares: canoagem de velocidade, futebol, hóquei sobre grama, levantamento de peso, lutas livre e greco-romana, pentatlo moderno, remo, tiro esportivo e vela.

Para presenciar a tentativa do jamaicano Usain Bolt conquistar um inédito tricampeonato olímpico nos 100m, no Engenhão, o torcedor terá que desembolsar entre R$ 350 e R$ 1.200, mesmos valores da final do basquete masculino, que se tudo correr normalmente, deverá ter os Estados Unidos, e do vôlei masculino, quando o técnico Bernardinho poderá se despedir da seleção brasileira no Maracanãzinho com mais um título olímpico. A final feminina, na qual o Brasil tentará o tricampeonato olímpico, vai custar entre R$ 260 e R$ 900.

A decisão do futebol masculino, no Maracanã, quando o Brasil espera finalmente conquistar a medalha de ouro, terá ingressos entre R$ 380 e R$ 900. Um dos esportes mais disputados das Olimpíadas, a ginástica artística, terá valores entre R$ 260 e R$ 900 nas disputas de medalha. Mesmo preço das finais da natação, nas quais esperam-se as presenças de Michael Phelps e Cesar Cielo, entre outras estrelas das piscinas.

No judô, um dos carros-chefes do Brasil em 2016, os preços das finais vão variar entre R$ 220 e R$ 700, mesmos valores das finais do tênis, que poderão ter astros como Roger Federer, Novak Djokovic, Roger Federer e Serena Williams.

As cerimônias de abertura e encerramento terão como menor preço R$ 200. O setor mais caro da primeira será o ingresso mais caro das Olimpíadas: R$ 4.600. No encerramento, o setor de maior valor custará R$ 3.000.

A responsabilidade pelo sistema de venda de ingressos pela internet, pelo controle de acesso, a estrutura de call center, além da bilheteria, ficará a cargo da empresa alemã CTS Eventim, selecionada por um processo público de concorrência. Caberá à empresa coibir a ação de cambistas e evitar que se repitam procuras bem maiores do que a oferta de ingressos, como se viu na Copa do Mundo. Haverá uma ampla rede de venda de ingressos, que três meses antes dos Jogos passará a funcionar 24h por dia.

Fonte: Globo.com – Postado às 23:36

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes