MILTON CRUZ

MILTON CRUZ DEIXA O COMANDO TÉCNICO DO NÁUTICO

Milton Cruz não é mais técnico do Náutico. A informação foi confirmada no site oficial do clube, na noite deste sábado. Na nota, o Timbu agradece aos serviços do treinador e deseja sorte para a sequência de sua carreira.

Ainda no informativo, o Náutico afirma que, devido à readequação financeira pela qual o clube passará, não foi possível manter o treinador.

Não é segredo para ninguém que o Timbu vive momento difícil no aspecto financeiro. Recentemente, os jogadores ameaçaram um greve por falta de pagamento. Durante a semana, o atacante Anselmo falou sobre o assunto e revelou a gravidade da situação.

Por isso, a ordem, no Timbu, é cortar gastos. Foi isso que fez o técnico Milton Cruz deixar o clube. De acordo com informações apuradas pela reportagem, a diretoria do Náutico propôs uma significativa diminuição no salário do treinador – de modo a manter os vencimentos em dia nos próximos meses.

Milton, porém, não concordou com a oferta. Por isso, ficou decidido que o técnico não permanece no Náutico para o restante da temporada.

Em sua passagem pelo Náutico, o treinador comandou a equipe em 12 jogos. Foram cinco vitórias, quatro empates e três derrotas – incluindo o jogo contra o Santa Cruz, neste sábado, último dele pelo Timbu.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 07:38

MILTON CRUZ É O NOVO TÉCNICO DO NÁUTICO

Milton foi auxiliar do São Paulo por 19 anos (Foto: Leandro Martins/Framephoto/Estadão Conteúdo)

A negociação chegou a se arrastar por algum tempo, mas o Náutico cumpriu neste domingo o prazo que tinha estabelecido como meta. O clube chegou a um acordo com o seu novo técnico: Milton Cruz, que passou 19 anos como auxiliar técnico do São Paulo, terá a sua primeira experiência como treinador de uma equipe. Assim como os diretores esperavam, ele deve chegar a tempo de ver a partida contra o Belo Jardim, nesta segunda-feira, no Estádio do Arruda, pelo Campeonato Pernambucano. O contrato dele com o Timbu vai até o final da temporada.

Milton Cruz mantinha conversas com a diretoria do Náutico desde a madrugada da última quarta-feira, assim como a outra opção alvirrubra, Sérgio Soares. Às 16h da última sexta, os diretores se reuniram na sede do clube, no Estádio dos Aflitos, e resolveram mirar em apenas uma frente: Milton. A negociação se desenrolou de tal forma que durante à noite os advogados dele foram acionados para analisarem detalhes do contrato.

O ex-auxiliar técnico do São Paulo era, desde a saída de Dado Cavalcanti, a preferência da diretoria. Milton Cruz começou a desempenhar a função desde 1997 e assumiu o comando interino do time paulista várias vezes. Em 2016, Milton foi para o setor de análise de desempenho e passou a não viajar mais com o elenco e nem ficar no banco de reservas. No mês de março, saiu do clube.

Como jogador, Milton Cruz jogava de atacante e começou a carreira no São Paulo, em 1977. Curiosamente, teve duas passagens pelo futebol pernambucano. A primeira no Sport, entre 1985 e 1986. A segunda foi no próprio Náutico, em 1987. Em 19 anos de auxiliar técnico no São Paulo, ele assumiu o time interinamente em 43 partidas, com 23 vitórias, sete empates e 13 derrotas. Um aproveitamento de 58,91%.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 17:19

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes