NICO ROSBERG

NICO ROSBERG ANUNCIA APOSENTADORIA DA FÓRMULA 1

nico-1Nico Rosberg é o atual campeão mundial de Fórmula 1

Cinco dias após ser campeão do Mundial de Fórmula 1, o alemão Nico Rosberg surpreendeu nesta sexta-feira ao anunciar sua aposentadoria da modalidade, aos 31 anos. O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e depois postada em sua página oficial no Facebook.

De acordo com o agora ex-piloto da Mercedes, a decisão foi pessoal, envolvendo principalmente motivos familiares, como o medo de sua mãe em vê-lo “voando” nas pistas.

“Minha mãe ficou feliz porque nunca mais vai ter que sofrer. Ele nunca viu uma corrida minha, ficava com muito medo”, contou Rosberg.

O anúncio foi ainda mais surpreendente porque em julho deste ano o germânico havia renovado seu contrato com a Mercedes até 2018.

O alemão foi campeão da última temporada da Fórmula 1 com 385 pontos, cinco a mais que seu companheiro de equipe (e principal rival) Lewis Hamilton.

A confirmação do título veio apenas na última corrida (Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos), em que o britânico chegou em primeiro, mas Rosberg terminou no segundo posto, fazendo o necessário para levar a taça.

Nico Rosberg estava na F1 desde 2006, quando foi contratado pela Williams. Ele ficou por três anos na escuderia inglesa antes de se transferir para a Mercedes, em 2010.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 16:02

NICO ROSBERG É O 33º PILOTO CAMPEÃO DA FÓRMULA 1

rosbergSalto do título: Nico Rosberg celebra no pódio o campeonato mundial de F-1

Foram necessários 11 anos, 206 corridas e 23 vitórias na categoria para Nico Rosberg finalmente dizer: sou campeão mundial de Fórmula 1.

Neste domingo, o alemão de 31 anos se tornou o 33º piloto diferente na história a conquistar o título da principal competição de automobilismo.

No GP de Abu Dhabi, o 21º da temporada mais longa da F-1, Rosberg passou as 55 voltas “marcando” Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes e único perseguidor na luta pelo campeonato.

O britânico – campeão em 2008, 2014 e 2015 – saiu da pole position e precisava que o alemão ficasse fora do pódio em Yas Marina.

E Hamilton não foi passivo. Ele tentou de tudo: à frente de todos, diminuiu o ritmo para fazer com que os carros de Ferrari e Red Bull se aproximassem de líder do Mundial, forçando o parceiro de Mercedes a segurar os ataques.

O britânico levou bronca de vários dos poderosos da equipe, que pediam a ele que acelerasse para evitar a dura situação do alemão.

Mas na última volta Hamilton, Rosberg, Sebastian Vettel e Max Verstappen estavam separados por menos de um segundo. Emoção até o final!

Ainda que Vettel tenha tentando ultrapassá-lo até as curvas derradeiras, Nico Rosberg chegou em segundo lugar para ser campeão.

O mais novo detentor do título da Fórmula 1 ficou com 385 pontos contra 380 de Hamilton. Vettel acabou em terceiro na etapa de Abu Dhabi.

Na terceira colocação do Mundial, embora muito distante dos dois primeiros, ficou o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que terminou em quinto na corrida deste domingo e totalizou 256 pontos.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 15:55

MERCEDES TIRA DE HAMILTON E ENTREGA A NICO ROSBERG GP DE MÔNACO

nicoRosberg conseguiu assumir a liderança apenas nos mintuos finais da corrida

A primeira pole position em Mônaco era um sinal de que Lewis Hamilton poderia ter um fim de semana iluminado, mas não foi o que aconteceu na manhã deste domingo (24). Tudo estava tranquilo para o piloto da Mercedes até poucas voltas para o fim. Liderando sem problemas, o britânico foi para uma segunda parada nos boxes, a pedido da equipe, e voltou em terceiro lugar, o que praticamente “entregou”  a vitória para o companheiro de escuderia Nico Rosberg no sexto GP da temporada da Fórmula 1.

Hamilton largou na frente e dominou toda a prova. Ele iria para uma vitória fácil até Max Verstappen bater forte ao tentar ultrapassar Romain Grosjean e causar a entrada do safety car. A Mercedes chamou o britânico aos boxes acreditando que ele trocaria os pneus e voltaria à pista ainda à frente de Rosberg, mas foi um erro. O inglês entrou na terceira colocação atrás também de Sebastian Vettel.

O britânico tentou compensar na pista. Quando o safety car retornou aos boxes, a oito voltas do fim, ele atacou os rivais, mas não conseguiu ultrapassagens. Teve que se conformar com a terceira colocação, atrás do vencedor Rosberg e do segundo colocado Vettel.

Com o resultado, Rosberg se juntou a outras lendas no circuito do Principado. Com três vitórias consecutivas em Mônaco, ele se juntou a Ayrton Senna, Graham Hill e Alain Prost no número de triunfos seguidos no GP.

A corrida também foi boa para o brasileiro Felipe Nasr, que largou na 14ª colocação e terminou em nono, conquistando dois pontos. Já Felipe Massa não teve a mesma sorte. Após receber um toque de Pastor Maldonado na primeira volta o piloto da Williams fez uma prova de recuperação. Só que o baixo rendimento do carro na pista de Mônaco não ajudou, e Massa teve que se contentar com o 15º lugar.

Fonte: ESPN.com.br – Postado às 12:26

LEWIS HAMILTON É BICAMPEÃO MUNDIAL DE FÓRMULA 1

LewisLewis Hamilton é Bicampeão Mundial de Fórmula 1

Faz pouco mais de oito meses desde que Lewis Hamilton e Nico Rosberg deram início, na ensolarada tarde de Melbourne, na Austrália, para o que seria uma das mais acirradas disputas de título da história da Fórmula 1. Nesse meio tempo, muitas dobradinhas, pegas e brigas dentro e fora da pista, que abalaram a estrutura de uma amizade cultivada desde as corridas de kart, na adolescência. E neste domingo, no cair da noite de Abu Dhabi, enfim, a “guerra” chegou ao capítulo final. E quem comemorou foi Hamilton, que se sagrou bicampeão mundial, coroando a conquista com uma incontestável vitória, sua 11ª em 2014.

Em Yas Marina, no entanto, a batalha da dupla da Mercedes durou apenas alguns metros. Se a regra de pontuação dobrada dava esperanças a Rosberg, aumentado as expectativas para a decisão, Lewis tratou de acabar com a festa do companheiro de equipe logo na largada. Em segundo lugar no grid, partiu melhor e engoliu o alemão, assumindo a liderança. Hamilton ainda teve a vida facilitada, já que Nico enfrentou problemas de perda de potência de motor durante a prova e foi despencando no pelotão até cruzar em 14º.

E se engana quem achou que com Lewis na frente desde a primeira volta e Rosberg se arrastando na pista a corrida perderia em emoção. E o responsável para injetar uma dose de adrenalina na prova foi Felipe Massa. O brasileiro chegou a liderar em duas ocasiões antes de suas paradas nos boxes e nas voltas finais apostou em uma tática diferente para tentar a vitória. No fim, Massa ficou a apenas 2s5 de Hamilton, cruzando a linha de chegada e um honroso segundo lugar, sua melhor colocação desde o GP do Japão de 2012. Seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas terminou em terceiro, colocando dois pilotos do time no pódio pela primeira vez desde o GP de Mônaco de 2005.

Resultado Final do grande prêmio de Abu Dhabi 2014

Resultado GP de Abu Dhabi (Foto: GloboEsporte.com)
Fonte: globoesporte.com – Postado às 12:50

NICO ROSBERG AMPLIA FESTA ALEMÃ NO ESPORTE

rosbergCom capacete em homenagem ao tetra da seleção, Rosberg vence GP da Alemanha (Foto: Reuters)

Que semana para Nico Rosberg! Em poucos dias, o alemão viu sua seleção ganhar a Copa do Mundo, casou, renovou contrato com a Mercedes e, para coroar, venceu de ponta a ponta o GP da Alemanha, ampliando sua liderança na temporada 2014. Mas apesar da vitória de Nico diante de sua torcida, quem roubou a cena no circuito de Hockenheim foi seu companheiro de equipe Lewis Hamilton. Depois de bater no treino e ser punido com cinco posições no grid por trocar o câmbio, o britânico fez uma corrida espetacular, saindo na 20ª colocação para cruzar a linha de chegada na terceira colocação, logo atrás de Valtteri Bottas, da Williams, uma das grandes revelações da temporada.

resultado final

1) Nico Rosberg             (ALE/Mercedes), 67 voltas em 1h33m42s914
2) Valtteri Bottas            (FIN/Williams-Mercedes)         + 20s789
3) Lewis Hamilton          (ING/Mercedes)                       + 22s530
4) Sebastian Vettel        (ALE/Red Bull-Renault)            + 44s014
5) Fernando Alonso       (ESP/Ferrari)                            + 52s467
6) Daniel Ricciardo        (AUS/RBR-Renault)                 + 52s549
7) Nico Hulkenberg        (ALE/Force India-Mercedes)   + 1m04s178
8) Jenson Button           (ING/McLaren-Mercedes)        + 1m24s711
9) Kevin Magnussen      (DIN/McLaren-Mercedes)        – 1 volta
10) Sergio Pérez            (MEX/Force India-Mercedes)  – 1 volta
11) Kimi Raikkonen        (FIN/Ferrari)                            – 1 volta
12) Pastor Maldonado   (VEN/Lotus-Renault)               – 1 volta
13) Jean-Eric Vergne     (FRA/STR-Renault)                 – 1 volta
14) Esteban Gutiérrez    (MEX/Sauber-Ferrari)             – 1 volta
15) Jules Bianchi            (FRA/Marussia-Ferrari)           – 1 volta
16) Kamui Kobayashi     (JAP/Caterham-Renault)         – 2 voltas
17) Max Chilton              (ING/Marussia-Ferrari)            – 2 voltas
18) Marcus Ericsson      (SUE/Caterham-Renault)        – 2 voltas

Abandonaram:   
Adrian Sutil  (ALE/Sauber-Ferrari)                               47 voltas
Daniil Kvyat (RUS/STR-Renault)                                  44 voltas
Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault)                        26 voltas
Felipe Massa  (BRA/Williams-Mercedes)                  0 voltas 

Fonte: globoesporte.com – Postado às 11:33

LEWIS HAMILTON ASSUME LIDERANÇA DO MUNDIAL DE FÓRMULA 1

hamilton Lider

Lewis Hamilton viveu um domingo especial. Neste domingo, o piloto da Mercedes desfilou pelo circuito de Montmelò e, pela primeira vez em sua carreira, ganhou o GP da Espanha. A quarta vitória consecutiva nesta temporada o levou a assumir a liderança do Mundial, superando Nico Rosberg, seu companheiro de equipe e segundo colocado na prova. Felipe Massa terminou em 13º, bem atrás de Valteri Bottas, seu companheiro na Williams. O finlandês.foi o quinto, à frente das duas Ferraris.

Em 2014, Hamilton só não venceu o GP da Austrália, quando abandonou a prova. As vitórias na Malásia, Bahrein e agora na Espanha o levaram aos 100 pontos, três a mais do que Rosberg. Para quem esperava uma aproximação dos demais concorrentes do ritmo dos carros da Mercedes, o resultado em Montmelò esfriou as esperanças.

Esta foi a quarta dobradinha da Mercedes na temporada. A equipe lidera o Mundial de Construtores com uma diferença de mais de cem pontos sobre seu concorrente mais próximo.

Veja a classificação completa do GP da Espanha:

1. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1h41min05s155
2.  Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 0s6
3. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – a 49s0
4. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – a 1min16s7
5. Valteri Bottas (FIN/Williams) – a 1min19s2
6. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – a 1min27s7
7. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) – a 1 volta
8. Romain Grosjean (FRA/Lotus) – a 1 volta
9. Sergio Pérez (MEX/Force India) – a 1 volta
10. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – a 1 volta
11. Jenson Button (ING/McLaren) – a 1 volta
12. Kevin Magnussen (DIN/McLaren) – a 1 volta
13. Felipe Massa (BRA/Williams) – a 1 volta
14. Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – a 1 volta
15. Pastor Maldonado (VEN/Lotus) – a 1 volta
16. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) – a 1 volta
17. Adrian Sutil (ALE/Sauber) – a 1 volta
18. Jules Bianchi (FRA/Marussia) – a 2 voltas
19. Max Chilton (ING/Marussia) – a 2 voltas
20. Marcus Ericsson (SUE/Caterham) – a 2 voltas

Não completaram:

Kamui Kobayashi (JAP/Caterham), Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso)

Fonte: Uol Esportes – Postado às 11:23

NICO ROSBERG VENCE A PRIMEIRA PROVA DO ANO DA FÓRMULA 1

Nico

Como já era previsto, o GP da Austrália provou a superioridade da Mercedes na primeira prova da temporada 2014 da Fórmula 1. O papel de protagonista da corrida disputada em Melbourne, entretanto, foi trocado em cima da hora. Em vez do pole position Lewis Hamilton, que abandonou após quatro voltas, coube a Nico Rosberg monopolizar as atenções no circuito de Albert Park. Após uma largada ousada, o alemão tirou a liderança do companheiro de equipe para sobrar na prova. Com o triunfo, Nico repete o feito do pai, Keke Rosberg, vencedor do GP da Austrália de 1985, realizado em Adelaide.

Uma trapalhada de Kamui Kobayashi frustrou as expectativas pela estreia de Felipe Massa na temporada 2014. O dia começou promissor para o piloto da Williams, já que a chuva não chegou ao Albert Park, e a pista seca poderia contribuir para um bom desempenho do novo carro. Na primeira curva, a Caterham do japonês acertou em cheio o FW36 do brasileiro, que saiu do cockpit inconformado com as circunstâncias do acidente. O “showman” se desculpou pelo episódio em um perfil nas redes sociais, mas Felipe ressaltou que pretende cobrar da FIA uma punição severa para o adversário. O novo regulamento da categoria prevê regras mais duras para as infrações.

A Fórmula 1 segue agora para a Malásia. Os carros desembarcam no circuito de Sepang, em Kuala Lumpur, para a segunda etapa da temporada. A corrida está marcada para o dia 30 deste mês,

Confira o resultado do GP da Austrália:

1. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): 1h32m58s710
2. Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault): +24s525
3. Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes): +26s777
4. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes): +30s027
5. Fernando Alonso (ESP/Ferrari): +35s284
6. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes): +47s639
7. Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes): +50s718
8. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari): +57s675
9. Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Renault): +1m00s441
10. Daniil Kvyat (RUS/STR-Renault): +1m03s585
11. Sergio Perez (MEX/Force India-Mercedes): +1m25s916
12. Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari): +1 volta
13. Esteban Gutierrez (MEX/Sauber-Ferrari): +1
14. Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari): +2
15. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari)*: +8

Não completaram:

Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault): 43 voltas
Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault): 29
Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault): 27
Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault): 3
Lewis Hamilton (ING/Mercedes): 2
Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault): 0
Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes): 0

Fonte: globoesporte.com – Postado às 08:48

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes