UMA CENA LAMENTÁVEL NA LUTA OLÍMPICA NESTE DOMINGO

luta 1Seminus, treinadores da luta olímpica da Mongólia protestam contra marcação da arbitragem (Foto: Reuters)

Uma cena inusitada foi vista neste domingo na luta olímpica. Diferentemente do habitual, não foi um golpe que chamou a atenção do público no Arena Carioca 2 e sim a “quase nudez” de dois técnicos da Mongólia. Irritados com a penalidade por falta de combatividade para o atleta Mandakhnaran Ganzorig – que acabou decidindo a luta em favor do rival, Ilkhativor Navruzov, do Uzbequistão – os dois treinadores invadiram o tapete e começaram a tirar as roupas.

Em vão, os árbitros tentaram conter a dupla, que seguiu o striptease quase até o fim – ficando apenas de sunga, enquanto o público se dividia entre vaias e aplausos. A fúria não se resumiu ao tapete de lutas. Ao passar pela zona mista aos prantos, Ganzorig chutou a grade que o separava dos jornalistas. O combate valia a decisão da medalha de bronze na categoria 65kg. Apesar dos protestos, o atleta uzbeque foi declarado vencedor.

O ouro na categoria até 65kg estilo livre ficou com o russo Soslan Ramonov, que derrotou Toghrul Asgarov, do Azerbaijão na final. Completou o pódio o cubano naturalizado italiano Frank Chamizo, que venceu o americano Frank Molinaro na disputa do outro bronze da categoria.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 16:16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes