UMA DERROTA EXPÕE NOSSA REALIDADE

soubakMorten Soubak após a derrota do Brasil no Mundial (Foto: JONATHAN NACKSTRAND / AFP)

Atual campeão do mundo, o Brasil chegou ao Mundial de handebol feminino como um dos favoritos. Mas, deixou a competição nas oitavas de final após a derrota para a Romênia e viu uma crise interna começar entre a Confederação Brasileira de handebol (CBHb) e o técnico Morten Soubak. Em diversas entrevistas na Dinamarca, o treinador citou a falta de estrutura para o esporte no Brasil. Argumentou que o país não oferece a mesma condição de desenvolvimento da modalidade que a Europa e a fragilidade da liga nacional. Ele já havia comentado do assunto em 2013 depois da conquista do mundo,  quando falou temer quanto ao futuro da próxima geração com o trabalho feito nos últimos anos.

Presidente da CBHb, Manoel de Oliveira não gostou do que ouviu. Em entrevista ao “Estadão”, falou que se Morten estivesse insatisfeito, deveria voltar para a Dinamarca. Em conversa com o GloboEsporte.com, Manoel voltou a mostrar insatisfação. Disse que o assunto a partir de agora será tratado internamente, mas confessou não saber se o treinador tem interesse em continuar treinando o Brasil.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 08:44

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes