UMA VOZ, MUITA LUTA, NÃO A DESIGUALDADE

05pelen

O mundo perde um de seus principais lideres contra a desigualdade social, morreu Nelson Mandela aos 95 anos. Prêmio Nobel da Paz por sua luta contra a violência racial na África do Sul, Nelson Mandela – ou Madiba, como é chamado na sua terra natal – passou 27 anos preso e se tornou o primeiro presidente negro daquele país. Madiba dizia que o homem deveria lutar pelos ideais mais nobres, nunca desistir de seus sonhos.

Mandela foi o maior símbolo de combate ao regime de segregação racial conhecido como apartheid, que foi oficializado em 1948 na África do Sul e negava aos negros (maioria da população), mestiços e asiáticos (uma expressiva colônia de imigrantes) direitos políticos, sociais e econômicos.

Mandela era um apaixonado pelo esporte, principalmente pelo Box, desportista Mandela transformou o esporte em um instrumento político, Mandela não gostava da violência do Box, mais da ciência de sues movimentos, como usar a movimentação do corpo para se proteger, como se planejar para atacar e recuar e como controlar o ritmo durante uma luta.

Mandela mesmo longe da presidência, de onde saiu em 1999, foi peça importante na vinda da Copa do Mundo para a África em 2010, a primeira do continente. Com custos altos, e sem um futebol forte para a demanda dos estádios, segundo Mandela o grande legado deixado pela Copa do Mundo, foi a autoestima de seu povo.

 Madela, símbolo de justiça e igualdade social.

Fonte: Sportv

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes