VENCEDOR DOS DOIS TURNOS DO CARIOCA PODE NÃO SER O CAMPEÃO ESTADUAL DE 2017

euricoCarlos Eduardo Pereira, à esquerda, e Eurico, à direita, observam Rubinho falando (Foto: Úrsula Nery/Ferj)

Os clubes votaram e aprovaram por unanimidade na tarde desta terça-feira, em arbitral na sede da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), alterações no regulamento do Campeonato Carioca de 2017. A mudança inclui a fórmula de disputa, passando a estabelecer uma fase preliminar – a partir de 11 de janeiro – e a competição principal com somente 12 clubes. A fase preliminar terá seis equipes: o 11º (Tigres), 12º (Portuguesa), 13º (Cabofriense) e 14º (Bonsucesso) colocados da competição em 2016, além de Nova Iguaçu e Campos, que subiram da Segunda Divisão estadual. Duas delas avançam para a fase principal, e as outras quatro disputam quadrangular contra o rebaixamento – as duas últimas colocadas caem, e caso haja empate em todos os quesitos entre 2ª e 3ª colocadas, haverá jogo extra.

Havia um obstáculo para as mudanças: o regulamento vigente é de dezembro de 2015 e, pelo Estatuto do Torcedor, só poderia ser alterado após dois anos. Por isso, a Ferj fez um pedido formal ao Conselho Nacional do Esporte (CNE), que não se opôs às mudanças.

Perguntado como conseguiu chegar a um consenso com clubes que se julgavam prejudicados com a mudança, caso de Campos, Nova Iguaçu e os times que terminaram na 11ª, 12ª, 13ª e 14ª colocações do Carioca 2016, Rubinho falou em “entendimento” e comparou a fórmula do estadual com a da Libertadores.

Logo no começo da fase principal, no dia 29 de janeiro, Vasco e Fluminense se enfrentam pela 1ª rodada da Taça Guanabara. Confira a divisão dos grupos:

– Botafogo, Flamengo, Boavista, Madureira, Macaé e classificado em 2º lugar na fase preliminar
– Fluminense, Vasco, Volta Redonda, Bangu, Resende e classificado em 1º lugar na fase preliminar.

Na fase seguinte à preliminar, disputada a partir de 28 de janeiro, haverá a realização de dois turnos – Taças Guanabara e Rio – com semifinais e finais em jogos únicos, mas com novo modelo de classificação. Os campeões de cada um, que antigamente avançavam direto para a final do Estadual, agora garantem vaga para as semifinais da competição. Os outros dois semifinalistas serão as equipes melhores colocadas na classificação geral além das campeãs dos turnos – as semifinais e finais de turno não contam pontos para esta classificação. Caso um time vença os dois turnos, os três melhores classificados completam a disputa por vagas na grande decisão.

Nas semifinais dos turnos, os times com melhores campanhas nos grupos terão vantagem do empate. Na semifinal do campeonato, quem avança com igualdade no placar serão os campeões de cada turno. Em nenhuma final há a vantagem do empate. A semifinal geral será realizada em jogo único, enquanto a final terá ida e volta.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 09:47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes