WEIDMAN “NÃO FOI GOLPE DE SORTE E SIM TREINAMENTO”

Após fazer sua primeira defesa de cinturão dos pesos-médios do Ultimate no último sábado, no UFC 168, em Las Vegas (EUA), quando venceu Anderson Silva por nocaute técnico, causado por uma fratura na perna do brasileiro, Chris Weidman revelou detalhes de sua preparação para a esperada revanche. O americano disse ainda que as defesas dos chutes do ex-campeão foram treinadas à exaustão e, por isso, descarta a hipótese de “golpe de sorte”.

– Eu não acho que foi um golpe de sorte. Não é um acidente quando você treina e trabalha duro para evitar esses chutes. Se eu não estivesse atento aos chutes do Anderson Silva, provavelmente teria me machucado, e ele usaria isso para me vencer – afirmou Weidman ao site “MMA Fighting”.

Fonte: globo.com – Postado às 23:10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Editores

Sérgio Leandro

Formado em Administração de Empresas, Especialização em RH, Analista em Esportes.
 
Equipe formada por:
 
Enquetes

O desempenho do Brasil nas Olímpiadas Rio 2016 em relação a Londres 2012, 3 Ouros, 5 Pratas e 9 Bronzes vai ser:

  • Melhor (70%, 7 Votes)
  • Pior (20%, 2 Votes)
  • Igual (10%, 1 Votes)

Total Voters: 10

Carregando ... Carregando ...
Parceiros

Arquivos
Facebook Likes