VASCO VENCE TAÇA GUANABARA MAS CONQUISTA É MARCADA PELA ATUAL DESORGANIZAÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

COM RESERVAS SANTA CRUZ DERROTA O PETROLINA E VIRA LÍDER PROVISÓRIO DO PERNAMBUCANO
7 de fevereiro de 2019
SPORT RECLAMA DE PÊNALTI, MAGRÃO FALHA E SANTA CRUZ VENCE CLÁSSICO DAS MULTIDÕES
17 de fevereiro de 2019

VASCO VENCE TAÇA GUANABARA MAS CONQUISTA É MARCADA PELA ATUAL DESORGANIZAÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

Vasco e Flu abraim o jogo com arquibancadas vazias, mas torcida foi liberada ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO - 17.02.2019

A decisão da Taça Guanabara de 2019, entre Vasco e Fluminense, foi em parte diminuída pela incrível confusão provocada pelas reviravoltas judiciais quanto à permissão da entrada das torcidas no Maracanã, neste domingo (17). Em campo, o time vascaíno venceu o Tricolor das Laranjeiras por 1 a 0 e conquistou o troféu do primeiro turno do Campeonato Carioca. Danilo Barcelos, em cobrança de falta, fez o gol do título, aos 35 do 2º tempo.

Vasco garante vaga na semifinal do campeonato carioca 2019

Com o título, a equipe alvinegra de São Januário, que venceu todos os jogos do primeiro turno, garantiu uma vaga nas semifinais do Campeonato Carioca.

Portões Fechados

Faltando 10 minutos para o início do jogo, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro confirmou que o público seria impedido de entrar no Maracanã, alegando que o Juizado Especial Criminal (Jecrim) não aceitou os documentos enviados e indeferiu a solicitação para que o público pudesse acompanhar a partida.

Houve muita confusão e confronto entre torcedores e policiais, com pessoa que ficaram feridas.

Segundo a FERJ, o Governo do Estado e as forças de segurança foram favoráveis à abertura dos portões, mas nada podia ser feito. Porém, com 30 minutos de bola rolando e depois de muita confusão nos arredores, os portões foram abertos e os torcedores liberados para entrar no jogo. A polícia, contudo, teve trabalho para organizar a entrada.

 

Fonte: R7.com.br e ESPN.com.br

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.