BRIGID KOSGEI DO QUÊNIA VENCE SÃO SILVESTRE E SEGUE FAZENDO HISTÓRIA

FLAMENGO COMUNICA A FPF QUE NÃO DISPUTARÁ A COPINHA EM 2020
30 de dezembro de 2019
QUENIANO ULTRAPASSA RIVAL NO ÚLTIMO INSTANTE E VENCE A SÃO SILVESTRE
31 de dezembro de 2019

BRIGID KOSGEI DO QUÊNIA VENCE SÃO SILVESTRE E SEGUE FAZENDO HISTÓRIA

Brigid Kosgei bateu o recorde mundial da maratona Mike Segar/Reuters

Brigid Kosgei. Guarde esse nome. A queniana de 25 anos deu mais um passo, nesta terça-feira, dia 31 de dezembro de 2019, para cravar de vez o seu nome na história do atletismo mundial. Isso porque ela “sobrou” na São Silvestre, a prova de rua mais tradicional do Brasil, e venceu a prova em São Paulo com muita facilidade.

Kosgei assumiu a liderança da prova logo nos primeiros metros e só foi aumentando a sua vantagem, não dando a menor chance para suas adversárias, terminando o circuito de 15 km em 48min54seg.

Com a vitória, a queniana confirma o favoritismo. Em outubro, ela quebrou um recorde mundial que já durava 16 anos, o da maratona feminina, cravando 2h14min04s na Maratona de Chicago, nos Estados Unidos.

Sheila Chelangat, também do Quênia, ficou na segunda colocação.

Já o Brasil segue sem vitórias entre as mulheres desde 2006. A última a conseguir a proeza foi Lucélia Peres. Em 2019, a melhor colocada foi Marcela Cordeiro, na 6ª colocação.

Confira as cinco primeiras colocadas da São Silvestre:

1ª: Brigid Kosgei (QUE) – 48min54s
2ª: Scheila Chelangat (QUE) – 50min10s
3ª: Tisadik Alem Nigus (ETI) – 50min12s
4ª: Pauline Kamulu (QUE) – 50min28s
5ª: Delvine Meringor (QUE) – 50mins51

 

Fonte: R7.com.br – Postado às 09:31

Sérgio Leandro
Sérgio Leandro
Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.