CLÁSSICOS NO RJ TERÃO TORCIDA ÚNICA

por | 17 fev 2017 | Carioca

Registro de confusão nos arredores do Nilton Santos: clássicos terão torcida única no Rio de Janeiro (Foto: Marcelo Baltar)

Após cenas de violência antes da partida entre Botafogo e Flamengo, pela 4ª rodada do Campeonato Carioca, os clássicos entre clubes do Rio de Janeiro passarão a ter torcida única. O juiz Guilherme Schiling, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos do Rio, tomou a decisão nesta sexta-feira, em caráter liminar.

O próximo clássico previsto no Estadual será na semifinal, no dia 25 de fevereiro. Ainda não foi definida a postura da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para a partida, assim como para a decisão da Taça Guanabara – que seria em jogo único -, já que até então a Ferj era colocada como mandante dos clássicos. Para evitar conflitos, apenas torcedores dos clubes com o mando de campo poderão ter acesso ao estádio. A Federação será obrigada a se adequar, com risco de multa de R$ 30 mil por dia em caso de descumprimento da medida judicial.

Na ação do Ministério Público do Rio ainda consta o pedido de proibição de distribuição de ingressos para torcidas organizadas. Nesta quinta, os quatro grandes clubes do estado se posicionaram. Flamengo e Vasco foram contrários à medida; o Botafogo se disse a favor, e o Fluminense espera que a decisão não seja definitiva.

Fonte: Globoesporte.com – Postado às 17:20

Sobre o autor

Sérgio Leandro

Administrador de Empresas, especialista em Gestão de Recursos Humanos, Instrutor de cursos na área de Recursos Humanos e Departamento de Pessoal, atuando como Gerente de RH de uma Empresa de Médio Porte. Estudioso em futebol association e idealizador do Bolão Bola na Trave.

Siga-nos

Postagens Relacionadas

DE VIRADA FLAMENGO É CAMPEÃO CARIOCA

Flamengo conquista seu 34º título carioca Freguesia? Que nada! Neste domingo, o Flamengo arrancou uma emocionante vitória de virada por 2 a 1 sobre o Fluminense e sagrou-se campeão do Campeonato Carioca pela 34ª vez na história. Na primeira partida, os rubro-negros...

ler mais